agencia

Pautas

14/11/2017 às 16:00

Estudantes municipais lançam coletânea em tarde de autógrafos na Feira do Livro

Da Redação
Agência São Luís
A-A+ Tamanho da Letra
Local:
Cine Praia Grande, do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
Horário:
14/11/2017 às 16:00h
Endereço:
190, R. da Feira Praia Grande, 162 - Centro, São Luís
Contatos:
Assessoria de Comunicação Semed
(98) 98819-4992

Nesta terça-feira, (14), às 16h, no Cine Praia Grande, do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, 12 estudantes da rede municipal de ensino de São Luís, com idade entre 07 e 13 anos, lançam a coletânea "Fortuna no Céu", de histórias infantis ilustradas, que retratam temáticas do dia a dia, vividas ou observadas pelos mesmos em seu cotidiano, a exemplo do bullying, internet, mídias, reciclagem, preconceito, tolerância, entre outras.

Os autores das histórias são alunos do Núcleo de Enriquecimento para Estudantes com Características de Altas Habilidades ou Superdotação (NEECAHS), mantido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Localizado na Rua de Santana, nº 415, Centro, o Núcleo de Enriquecimento foi inaugurado em setembro de 2015, e atende hoje, nos dois turnos, aproximadamente 60 estudantes com características de altas habilidades ou superdotação.

LANÇAMENTO

A solenidade de lançamento da coletânea "Fortuna no Céu" terá a presença de todos os escritores mirins: Ana Sophia Martins (UEB Newton Neves), Claudia Cantanhede (UEB Mário Andreazza), Danielly Cantanhede (UEB Luis Viana), Dayane Baima (UEB Newton Neves), Evelyn de Cássia Passinho (UEB Alberto Pinheiro), Hemely Farias (UEB Justo Jansen), Isabelly dos Santos (UEB Alberto Pinheiro), Larissa Matos (UEB Justo Jansen), Maycon Abreu (UEB Justo Jansen), Pedro de Mesquita (UEB Alberto Pinheiro), Rayane Mendes (UEB Carlos Madeira) e Sthefany Lima (UEB Justo Jansen).

Logo após o lançamento da coletânea, os familiares dos estudantes presentes receberão um exemplar autografado pelos próprios autores. Em momento posterior, os demais exemplares (num total de 500) serão autografados e distribuídos em unidades de ensino da rede pública municipal de São Luís, para consulta e leitura por parte dos demais alunos.