agencia

Notícias

Atualizado em 17/07/2015 às 17h50

Prefeitura executa Operação Praia Segura em São Luís

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

As férias escolares são o período de maior fluxo de banhistas nas praias, o que leva a um aumento nas ocorrências de afogamentos, principalmente de casos envolvendo crianças. Pensando nisso é que a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), vai dobrar o efetivo de Guarda-Vidas nas praias de cobertura atual da corporação, realizando a Operação Praia Segura, a partir deste final de semana.

"A preocupação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior em zelar pela segurança dos banhistas é constante. A Operação Praia Segura será bem sucedida durante esse período de férias na capital, onde o fluxo de pessoas é maior, principalmente,  de excursões vindo do interior do estado e que precisam ser orientadas ainda mais pelos guarda-vidas", disse Breno Galdino, secretário da Semusc.

Na praia do Olho D'Água, que possui cerca de 2 km de cobertura, os banhistas contarão com o apoio de 15 guarda-vidas de segunda a sábado. Já no domingo, dia de maior fluxo de pessoas no local, 30 homens farão a segurança dos banhistas.
"Durante os meses de julho e agosto na praia do Olho D'Água passam mais de 5 mil pessoas e, por isso, estamos realizando essas operações durante os finais de semana com o intuito de reforçar a segurança do local, evitando afogamentos e outras ocorrências", frisou Edilson Menezes, coordenador do Corpo de Salva-Vidas.

Na Ponta D'Areia, de segunda a sábado, 18 profissionais irão atuar no local. Já no domingo, 18 guarda-vidas reforçarão as ações de prevenção. Além das duas praias de cobertura da Guarda Municipal, durante os finais de semana, 5 homens fazem a prevenção em eventos no Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), dando orientações aos frequentadores e monitorando os banhistas.

Além de ficarem a postos em torres de observação instaladas ao longo das praias do Olho D'Água e da Ponta D'Areia e circulando à beira-mar, os salva-vidas delimitam áreas próprias para o banho e práticas esportivas sobre a faixa de areia; orientam banhistas quanto aos locais perigosos, entre outras atividades.

Durante a Operação Praia Segura, os guarda-vidas contam ainda com o apoio de uma embarcação que facilita o resgate de possíveis afogamentos e ainda, orientando banhistas que se afastam da orla marítima. Em 2014, o Corpo de Salva-Vidas realizou mais de 300 atendimentos entre salvamentos e buscas de pessoas.