agencia

Notícias

Atualizado em 10/07/2014 às 10h56

Prefeitura discute parceria com Vale para instalar cluster no Centro

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo recebe executivos da Vale para parceria na implantação do Cluster de Tecnologia da InformaçãoA Prefeitura de São Luís discutiu nesta terça-feira (8) parceria com o Instituto Tecnológico da mineradora Vale (ITV), a fim de implantar o programa Cluster de Tecnologia da Informação no Centro Histórico de São Luís. O acordo foi debatido em reunião no gabinete do prefeito Edivaldo, com a presença de secretários municipais e representantes da Vale.

"A implantação do Cluster de Tecnologia da Informação é a continuidade de um projeto da Prefeitura para a revitalização do Centro Histórico da capital. Esta reunião com representantes da Vale é um grande passo para a concretização desse importante projeto", observou o prefeito. Ele ressaltou que a instalação do Cluster de TI na região do Centro Histórico trará vários benefícios para a cidade, incluindo a preservação do patrimônio e a geração de emprego.

Para José Osvaldo Siqueira, diretor do Instituto Tecnológico Vale, sediado em Belém (PA), o projeto é importante por ser um canal de desenvolvimento tecnológico planejado, que vai contribuir para o crescimento social e econômico da capital maranhense. "Esta parceria representa uma iniciativa que estimula a interação do poder público com o setor privado, a fim de promover o crescimento tecnológico", ressaltou.

De acordo com o diretor do ITV, a parceria firmada servirá para dar mais fundamentação ao projeto da Prefeitura, por meio de sua capacidade intelectual, do seu corpo de pesquisadores e das suas estratégias de informação.

"Vamos aproveitar essa política da Prefeitura, estruturar e fazer o seu desenvolvimento, com a aplicação de conhecimento voltado para a visão de negócio. O ITV entra com recursos humanos e tecnologia, a fim de servir como semente para o desenvolvimento de outras empresas", explicou o diretor, informando que projetos semelhantes já foram implantados em outras cidades brasileiras, como Belém e Recife.

O secretário municipal de Planejamento, José Cursino Raposo Moreira, destacou que a parceria com o ITV é importante porque o Instituto possui experiências que podem ser transferidas para os empreendedores que atuarão no Cluster de TI, fornecendo conhecimento e recursos humanos de pesquisadores. "Dessa forma visamos atrair outras empresas para instalar negócios da área de Tecnologia de Informação no Centro Histórico, formando o cluster", explicou José Cursino.

A reunião foi acompanhada pelos secretários municipais José Cursino, Rodrigo Marques (Governo), Robson Paz (Comunicação) e o adjunto Pablo Rebouças (Planejamento). Também participaram das discussões a Comitiva da Vale, composta pelo diretor-presidente do ITV, Luiz Melo, e pelos executivos Sandoval Carneiro, Dorgival Pereira e José Siqueira.

LEI DE CRIAÇÃO DO CLUSTER

Durante a reunião com os representantes da Vale, foi informado que a Prefeitura enviou para a Câmara de Vereadores um Projeto de Lei, que está na fase de apreciação pelos parlamentares, para criação do Cluster de TI e regulamentação da concessão de benefícios fiscais às empresas que se instalarem no Centro Histórico.

O secretário adjunto de Desenvolvimento Sustentável da Secretaria de Planejamento (Seplan), Pablo Rebouças, explicou que as empresas que trabalham com tecnologia da informação ao se estabelecerem no Centro Histórico precisarão reformar os casarões nos quais irão funcionar e receberão como contrapartida a redução fiscal de até 60% do ISS e até 50% do IPTU, entre outros impostos.

"Estamos criando um programa de incentivos fiscais, mas também de fomento da geração de atividade econômica na área do Centro Histórico, ocupando essa região com mão de obra qualificada, com níveis salariais bem melhores; ou seja, melhor geração de renda, fomentando com isso uma melhor qualidade de vida, que é uma preocupação do prefeito Edivaldo. Iremos ocupar o Centro Histórico com educação, ciência e tecnologia", concluiu Pablo Rebouças.

Como parte da parceria firmada entre a Prefeitura e a Vale, o secretário adjunto Pablo Rebouças irá à cidade de Belém conhecer as experiências desenvolvidas na capital paraense que poderão ser utilizadas em São Luís.