agencia

Notícias

Atualizado em 22/10/2013 às 15h51

Semcas recebe técnico do Ministério da Ciência e Tecnologia Informação

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Técnico do Ministério da Ciência e Tecnologia e InformaçãO fez avaliação e monitoramento do projeto “Centros de Acesso à Tecnologia para Inclusão SociDurante toda a semana, a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) recebe a visita do técnico do Ministério da Ciência e Tecnologia e Informação (MCTI), Éder Ângelo, para avaliação e monitoramento do projeto "Centros de Acesso à Tecnologia para Inclusão Social" (Catis). Desenvolvido em parceria com MCTI, o programa está em fase de conclusão e capacitou, em 2013, 4206 técnicos em informática, totalizando 7.029 durante sua execução.

O técnico do MCTI, responsável pelo acompanhamento da execução do projeto, fez uma avaliação positiva. "Os Catis tem grande importância e alto valor para o Ministério. Aqui em São Luís, ao final, os resultados foram expressivos, alcançando mais do que os números de capacitações previstas", disse Éder, que, durante a semana, visitará as instalações dos laboratórios e fará entrega de certificados.

Os Catis têm por objetivo promover a inclusão digital para os usuários sem acesso às tecnologias da informação. Implantado em 2009, o projeto tinha a meta de instalar 140 laboratórios em diferentes bairros da capital e de capacitar 5.880 pessoas.

A superintendente de Inclusão Socioprodutiva, Milena de Cássia Santos, ressaltou que finalização do projeto se dá graças ao empenho da equipe técnica da Semcas e dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) – responsáveis pela operação do Catis nas entidades da rede conveniada.

A titular da Semcas, Andréia Lauande, destacou a relevância do programa. "Ao assumir a gestão, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior determinou que os secretários levantassem quais projetos estavam em execução e que tocássemos os que fossem importante para a cidade". A secretária ainda adiantou: "Estamos concluindo os Catis, com resultados satisfatórios e, agora, podemos alçar novos voos em parceria com o Ministério".