agencia

Notícias

Sexta-feira, 08/08/2014 - 16h55

Parceria da Prefeitura incentiva alfabetização através das artes

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Atividades do projeto foram iniciadas pela escola Maria Alice Coutinho e nos anexos Professor Luís Pinho Rodrigues e José Sarney CostaA Prefeitura de São Luís deu início nesta semana às atividades do projeto "Ópera para Todos" na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Maria Alice Coutinho, no Turu, e nos anexos Professor Luís Pinho Rodrigues e José Sarney Costa. O projeto é uma iniciativa do Colégio Dom Bosco e, através de parceria com a Secretaria de Educação (Semed), auxiliará o trabalho de alfabetização de estudantes do 1º ano do Ensino Fundamental a partir do acesso deles ao campo das artes.

O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, destacou a importância da parceria para a rede municipal de ensino. "O prefeito Edivaldo é um grande incentivador de ações conjuntas que tragam benefícios para nossas crianças e adolescentes. Em nome dele e de toda a equipe da Semed, agradeço o empenho dos que colaboram com a execução desta bela iniciativa", declarou o secretário.

A primeira experiência do projeto na rede municipal ocorreu em 2003 no anexo Professor Luís Pinho Rodrigues que agora retoma as atividades. O "Ópera para Todos" foi reiniciado na segunda-feira (4) com abordagens na área da música e do teatro para auxiliar na alfabetização de 47 estudantes da unidade. A diretora da U.E.B. Maria Alice Coutinho, Denise Duarte, afirma que os pais estão entusiasmados com a proposta.

"Nossas expectativas são bastante positivas com essa ampliação do Projeto, porque o 'Ópera para Todos' transversaliza conhecimentos, como o das Artes, e possibilita o desenvolvimento cognitivo, afetivo e motor dos educandos que estão em processo de alfabetização. O projeto também permite o fortalecimento do vínculo entre escola, família e comunidade", destacou a diretora.

Para desenvolvimento da proposta na rede municipal, foram capacitados cerca de 20 profissionais da Semed através de um workshop nas áreas de Artes e Linguagens. A formação trabalhou temas como Dança, Artes Plásticas, Leitura, Artes Cênicas, Música, Desenho e Linguagens Oral e Escrita. Todos os assuntos foram discutidos com foco na melhoria do processo de alfabetização dos estudantes.

O resultado está sendo percebido pelos alunos na sala de aula. O estudante Sereno Castro, do 1º ano da U.E.B. Maria Alice Coutinho, ficou entusiasmado com o formato diferenciado da aula da última quinta-feira (7). "Estou gostando muito. Hoje fui uma sementinha que cresceu e virou árvore", disse. Já a aluna Ruth Ribeiro dos Santos, destacou a multiplicidade das emoções trabalhadas na área do teatro. "Gostei de tudo. Foi tudo muito bom. Fiz cara de triste, alegre, pensativa, zangada... Fiz muitas coisas na atividade", comentou.

De acordo com a coordenadora do "Ópera para Todos", Manuelly Cordeiro, a partir do programa é possível verificar o desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita dos alfabetizandos. "Verificamos avanços significativos neste aspecto, principalmente quando comparamos os resultados obtidos pelos estudantes do Luís Pinho na Provinha Brasil antes e depois da execução do programa. O acesso às artes amplia o olhar nos estudantes durante o processo de alfabetização", assegurou.

ÓPERA

Em novembro, os estudantes que participam do programa pelo Colégio Dom Bosco apresentam uma ópera. Este ano, com a parceria realizada com a Prefeitura, os educandos das escolas municipais Maria Alice Coutinho, Luís Pinho Rodrigues e José Sarney Costa também participarão do evento. Cerca de 230 alunos apresentarão a ópera Aída nos dias 28 e 29 de novembro na Praça Maria Aragão.