agencia

Notícias

Atualizado em 11/12/2015 às 15h24

Prefeitura fecha ano com saldo positivo no "Viver Mais"

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura fecha ano com saldo positivo no ″Viver Mais″Confraternizações com servidores municipais inativos e ativos marcaram um ano de execução do projeto "Viver Mais", realizado pela Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), como uma forma de estimular o entretenimento, a prática esportiva e de lazer com foco na melhoria da qualidade de vida do público alvo. O aniversário coincidiu com o período festivo e evidenciou os resultados positivos das atividades desenvolvidas.

O dia de confraternizações do projeto iniciou, na manhã de quinta-feira (10), no Centro de Convivência, no Olho D´Água, com a acolhida ao público formado por aposentados, seguida de apresentação do ator Cesar Boás do grupo "Pão com Ovo", café da manhã e show do cantor Orlando Brasil. À noite, foi a vez dos servidores municipais ativos, que participam do projeto, terem um momento especial com a apresentação de grupo de dança, seguida de show com o Trio Vitalis.

Presente nos eventos, o presidente do Ipam, Raimundo Penha, recordou que o projeto começou com as atividades de hidroginástica e funcional para aposentados e pensionistas e, posteriormente, ampliou para oferecer zumba, dança de salão entre outras modalidades no horário das 6h às 22h também para os servidores municipais da ativa. "O projeto segue a orientação do prefeito Edivaldo de permitir a transversalidade, promove convivência familiar e melhor qualidade de vida aos seus participantes, pauta parte do nosso calendário de eventos para aposentados, pensionistas e agora servidores da ativa", disse.

O projeto Viver Mais tem como finalidade garantir a melhoria da qualidade de vida de aposentados, pensionistas, servidores municipais e seus dependentes na capital maranhense. É também aberto à comunidade idosa da área de abrangência do Centro de Convivência, Olho d'Água. A iniciativa é desenvolvida através do Ipam e conta com a parceria das secretarias municipais de Desportos e Lazer (Semdel), Administração (Semad), Criança e Assistência Social (Semcas), Segurança com Cidadania (Semusc), Fundação Municipal de Cultura (Func), entre outros órgãos.

Parceiro do "Viver Mais", o presidente da Fundação Municipal de Cultura (FUNC), Marlon Botão, parabenizou trabalho do Ipam na execução do projeto. "Ao findar do primeiro ano de realização do projeto, comemoramos porque trouxemos de volta o idoso para o Ipam, com foco na qualidade de vida. A ação consolida a política de governo do prefeito Edivaldo que ganhou sua significância e não pode mais retroagir", comentou.

Para a secretária municipal de Administração, Mittyz Rodrigues, que também prestigiou a confraternização do "Viver Mais", o projeto tornou-se de suma importância, sobretudo, para melhorar a autoestima e a qualidade de vida das pessoas que chegam a essa fase de aposentadoria e se sentem isoladas. "Esse projeto deve continuar. É importante para o servidor, pois a vida não acaba com a chegada da aposentadoria e sim passa para uma nova etapa", observou.

VIVER MAIS

As atividades do projeto "Viver Mais" foram expandidas para atender também os servidores municipais ativos e seus dependentes. Os beneficiários têm como opções: escolinha de natação, vôlei, futebol e futsal (para filhos de servidores), hidroginástica, treinamento funcional, aulas de zumba e dança de salão para servidores, jogos de salão e recreação aos finais de semana.

Para garantir maior eficiência do projeto, os resultados obtidos através das atividades desenvolvidas são avaliados com a participação da equipe técnica, público-alvo e parceiros. As análises permitem identificar possíveis pontos de limitação e solucioná-los, bem como manter os avanços obtidos.

Para a aposentada Maria das Dores Silva Castro, 75, o projeto "Viver Mais" lhe deu um novo estímulo para o entretenimento, práticas saudáveis de atividades físicas, etc. "Gosto muito de tudo que o projeto oferece. Acho importantes os momentos de entretenimento", frisou.

Da mesma opinião, a aposentada Alda de Jesus Ferreira França, 70, disse que o projeto é maravilhoso. "Saí de uma cirurgia e estava para baixo, quando me reencontrei no Viver Mais. Foi a minha solução. Ele tem promovido um lazer maravilhoso", disse

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem