agencia

Notícias

Atualizado em 04/03/2016 às 11h32

Prefeitura avança na implantação de aulas de balé na rede municipal

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura avança na implantação de aulas de balé na rede municipalA Prefeitura de São Luís está consolidando as ações para a implantação das aulas de balé para estudantes da rede municipal de São Luís. Esta semana, a primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, e o secretário municipal de Educação Moacir Feitosa, se reuniram para alinhar a logística das ações do projeto "Dançando e Educando". O projeto é idealizado pela primeira-dama Camila Holanda, que também é coordenadora do projeto "Todos por São Luís".

O objetivo do projeto é promover a inclusão social, estimular nas crianças o interesse pela dança e pela arte e, despertando ainda o interesse pelo balé profissional. A expectativa é que as inscrições para as aulas sejam realizadas ainda no mês de março. "Estou compartilhando um sonho. Com o projeto 'Dançando e Avançando' vai se oportunizar a prática de uma atividade não tão acessível, promover inclusão social e estimular nas crianças o interesse pela dança", disse Camila Holanda.

Inicialmente, o projeto deverá oferecer 300 vagas às crianças e adolescentes com idades entre 4 e 14 anos, regularmente matriculados e assíduos às aulas em escolas da rede municipal situadas na área do Centro e adjacências. Após a inscrição, as crianças também passarão por um teste de aptidão física. As aulas serão realizadas no contraturno escolar, isto é, quem estuda à tarde, frequentará as aulas pela manhã, e vice-versa. A sede do curso, inicialmente, será na creche Maria de Jesus Carvalho (Camboa), onde uma sala já está sendo adaptada para a atividade, com climatização, instalação de linóleo, tapete, espelhos e barras fixas.

A coordenadora do projeto "Dançando e Educando" será a professora Débora Buhaten, que terá ao seu lado o talento de dois outros grandes nomes do Balé Maranhense: Milliani Moreira e Cléo Júnior. Segundo Camila Holanda, os três professores de balé estarão dedicados ao projeto, que funcionará das 9h às 11 e das 15h às 17h. O projeto prevê também a formação de bailarinos profissionais, oriundos das escolas do município, e apresentações em praças, teatros e outros espaços.

O secretário de Educação, Moacir Feitosa, elogiou a iniciativa. "Uma coisa importante desse projeto é que ele nos permite pensar grande, em oferecer grandes coisas às crianças da rede municipal. Queremos que os pais sejam parceiros desta iniciativa, ajudando a promover uma educação integral às crianças e adolescentes. O balé, assim como o esporte e a arte em geral, contribui muito para o dinamismo, disciplina, coordenação motora e colabora também para o aprendizado em sala de aula", analisou o titular da Semed.

 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem