agencia

Notícias

Atualizado em 09/03/2016 às 13h26

Prefeitura de São Luís realiza consulta pública sobre Plano de Resíduos Sólidos no Itaqui Bacanga

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís
Foto: @Divulgação
Ampliar imagem
Consulta pública sobre Plano de Resíduos Sólidos foi realizada em dezembro no Centro Histórico

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizará nesta quinta-feira (10), mais uma consulta pública para discutir o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do Município de São Luís (PMGIRS). O evento acontecerá na Associação Comunitária Itaqui-Bacanga (ACIB), localizada na Avenida Vaticano, nº 9, no Anjo da Guarda, a partir das 16h. Estarão reunidos representantes da administração municipal, do Conselho Municipal de Meio Ambiente e moradores da região do Itaqui-Bacanga.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Marco Aurélio Diniz, todas as consultas públicas realizadas pela Prefeitura de São Luís atendem o que está disposto na Lei nº 12.305/10, da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Outras audiências públicas estão previstas para acontecer ao longo do ano.

Marco Diniz fala sobre os próximos passos na construção do PMGIRS. “Após a validação do diagnóstico e a elaboração do prognóstico e cenário, o plano será validado em audiência pública a ser marcada”, informa.

PARTICIPATIÇÃO

O objetivo da consulta é contar com a participação de moradores, gestores locais, lideranças comunitárias da região para construir juntos as bases do Plano de Gestão de Resíduos da capital. O plano contempla além do projeto para educação ambiental, a capacitação de pessoas para geração de emprego e renda, coleta seletiva, a instalação de uma central de tratamento para resíduos da construção civil, reciclagem e compostagem.

A primeira consulta pública aconteceu em novembro de 2015, na Cidade Operária, com a comunidade participando de oficinas de reciclagem e de educação ambiental. Também foi realizada consulta pública no Centro Histórico, em dezembro do ano passado, com debates temáticos desenvolvidos no auditório da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem