agencia

Notícias

Atualizado em 10/05/2016 às 17h42

Estudantes da rede municipal se preparam para início do projeto Dançando e Educando

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Um sonho para muitas crianças e jovens e uma realização para pais e mães. As aulas do projeto Dançando e Educando iniciam nesta quinta-feira (12). O projeto oferece o ensino da arte do ballet aos estudantes da rede pública de ensino de São Luís. A primeira turma reúne 80 crianças do Ensino Infantil, com idades de quatro e cinco anos, que terão uma rica vivência na dança artística. O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, executado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e coordenada pela primeira-dama, Camila Holanda.

As crianças receberam, nesta terça-feira (10), o fardamento e demais acessórios que serão utilizados durante o período de aulas. O kit inclui colant, sapatilha e meia para meninas; e blusa, short e sapatilha para os meninos. Ainda na ocasião, as professoras repassaram informações sobre a condução das aulas, da disciplina e regras adotadas. Atentos, estudantes e seus responsáveis acolheram as instruções e também tiraram dúvidas. "Esse primeiro momento é para interagirmos com as crianças, orientá-las sobre o projeto e apresentar o ballet a elas", explica a professora a bailarina e professora do projeto, Débora Buhaten.

A professora lembra que este momento é muito importante para integrar os alunos ao mundo do ballet. As crianças vão conhecer um pouco mais desta dança por meio de histórias, fotos, vídeos e apresentação de bailarinos produzida especialmente para ela. "Notei que algumas crianças não conhecem a arte e têm curiosidade de ver uma bailarina dançando. Quero mostrar para elas todo esse histórico. É um trabalho minucioso, de muita paciência e de muito amor", avaliou.

TESTES FINAIS

Ao todo, o projeto Dançando e Educando oferece 300 vagas, sendo as demais 220 para estudantes do Ensino Fundamental, com idades entre seis e 14 anos. Esta turma entra na etapa final de testes, a ser realizada nesta quarta-feira (11), durante todo o dia na creche Maria de Jesus Carvalho. Eles serão avaliados no quesito habilidades técnicas e artísticas, musicalidade, expressividade, alongamento e desempenho artístico. "Desta turma faltam ainda 80 alunos para os testes e assim que completarmos essa etapa iniciamos as aulas", informa Débora Buhaten. O resultado desta fase de testes será divulgado na sexta-feira (13).

Os alunos desta primeira turma do projeto Dançando e Educando serão distribuídos em quatro turmas, nos horários da manhã e tarde e as aulas serão realizadas na sede da creche Maria de Jesus Carvalho, na Camboa, em uma sala preparada e adaptada para o projeto. Os alunos terão aulas teóricas e práticas; e participarão de seminários e discussões em grupos sobre temas relacionados à formação básica do cidadão, à saúde, meio ambiente, valores éticos, políticos e morais, justiça social e outros temas de interesse da arte.

A cozinheira Domingas Cantanhede, 30 anos, disse que não conseguiu conter a emoção ao saber que a filha, Anny Gabriely, 5, foi uma das aprovadas nos testes. "Para mim, é uma felicidade enorme. Minha filha vai ter um sonho realizado e eu espero que ela possa se tornar uma profissional dessa dança linda". Já a pequena Anny deixou claro que vai aproveitar tudo que puder nas aulas. "Eu sempre gostei de ballet e quero saber tudo e fazer igual nos filmes", disse a menina.

"Eu achei muito bom minha filha fazer parte deste projeto, porque ela vai aprender uma arte e ainda vai ter disciplina e muitas outras coisas", ressaltou o carpinteiro Gutemberg Teles Ramalho, 39. Ele acompanhava a filha, Ana Beatriz, 5, para o primeiro contato com o ballet. A menina estava radiante e feliz com a aprovação. "Eu já gostava muito e queria aprender. Estou gostando de estar aqui", disse.

 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem