agencia

Notícias

Atualizado em 09/11/2016 às 18h28

Prefeitura de São Luís capacita pessoas e incentiva geração de emprego e renda

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís capacita pessoas e incentiva geração de emprego e rendaCapacitar para além do aprendizado, gerar emprego e renda às famílias. Com esta finalidade, a Prefeitura de São Luís disponibiliza um extenso cronograma de cursos e oficinas na área da Segurança Alimentar, voltados para as comunidades e que têm como foco principal somar para a autonomia financeira das pessoas.

Os cursos são realizados nas unidades da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa) – Polo Josué de Castro, no Vinhais; Cozinha Comunitária da Vila Cascavel, no bairro; na sede da instituição, no Centro; além de associações de moradores e outros entidades parceiras.

O público, em sua maioria, são donas de casa, empregados que querem renda extra e pessoas em busca de um novo ramo de trabalho. "Realizamos uma série de cursos para garantir autonomia às pessoas. Elas aprendem e podem ganhar o próprio dinheiro sem precisar de altos investimentos. É uma determinação do prefeito Edivaldo que possamos dar estas oportunidades a quem nos procura", ressaltou a titular da Semsa, Fatima Ribeiro.

"Oportunizar a formação a estas comunidades é possibilitar o emprego e estimular o empreendedorismo", destacou Fátima Ribeiro. Segundo explica a titular da Semsa, o cronograma de cursos integra o Eixo de Geração de Trabalho e Renda, da secretaria, que compõe um importante viés de atuação da Prefeitura na área social.

"A secretaria materializa este eixo na execução das capacitações. Para tanto, sempre interagimos com as comunidades, tendo como objetivo preencher a demanda por capacitações que possam favorecer a autonomia econômica destas famílias", reitera Fátima Ribeiro.

A instituição oferece mais de 20 cursos, sendo grande parte na área alimentar e de saúde preventiva, que atraem centenas de pessoas a cada nova turma.

CAPACITAÇÃO

Neste público está a cuidadora de idoso, Estela da Silva, 35 anos, que estava à procura de emprego quando soube da oportunidade no curso Alimentação Saudável e Cuidados com o Idoso. Vendo a chance de se empregar, ela não pensou duas vezes e se inscreveu. Foram três meses de aprendizado, com aulas teóricas e a vivência prática da profissão. Após a formação, logo Estela conseguiu trabalho. "Aprendi muita coisa boa e estou colocando em prática no meu serviço. O curso foi muito importante para mim", enfatizou.

Angélica Rachel Rego de Oliveira, 45 anos, é dona de casa, cursa Enfermagem e viu no curso Cuidador de Idoso mais uma oportunidade de aprendizado. "Já estou colocando em prática tudo o que aprendi, utilizando nas aulas do meu curso. Foi uma capacitação muito boa, completa e com professores capacitados pra ensinar. Tive um ótimo aproveitamento", afirma.

Ela observa ainda que o curso é muito importante para quem é da área, mas também quem tem uma pessoa idosa em casa. "Com o aprendizado a gente pode prestar um apoio mais profissional em casa mesmo", ressalta.

Da mesma forma, Nildete Áurea Almeida Santos, 51 anos, alcançou êxito com a capacitação. "O curso foi muito importante para mim e com ele consegui abrir várias portas. Estou realmente conseguindo colocar em prática o aprendizado", afirmou. Nildete Santos é cuidadora de crianças especiais e potencializou o que sabia com as aulas do curso.

CURSOS

Na área alimentar, a Semsa dispõe de um cronograma de cursos e oficinas com aulas práticas e teóricas, nos quais os participantes aprendem para fazer em casa pratos diferenciados ou até começar um negócio próprio.

A microempresária Adriana Ferreira Sanatan, 36 anos, é dona de uma padaria e sabe bem a importância de cursos como estes para a formação. Ela participou dos cursos Doces e Salgados e aplica os conhecimentos no negócio próprio. Com a reciclagem, ela viu o faturamento melhorar. "A clientela quer produtos diferenciados, novidades e qualidade no que consome. Sempre que posso estou me reciclando e vejo os resultados no dia a dia, no meu empreendimento", disse.

As capacitações que ensinam a produzir alimentação estão na lista de grande demanda e sempre lotam as turmas mesmo antes de encerrar as inscrições. As donas de casa Tânia Regina Nunes e Raimunda Andrade Serra participaram do curso de Cup Cake, oferecido pelas equipes da Cozinha Comunitária da Vila Cascavel. As aulas foram realizadas mês passado, na Associação de Moradores da Vila Passos.

"Eu gostei muito e quero aprender mais para fazer, quem sabe, para vender também. É um curso rápido, mas muito dinâmico e de doces muita gente gosta", disse Tânia Nunes. Para Raimunda Serra, a oportunidade significa muito e estimula a aprender cada vez mais. "Tenho vontade de ter um negócio meu e essa área de alimentação é muito boa. O curso ajuda ainda mais", enfatizou. Mais de 100 pessoas foram capacitadas nas aulas do curso cuidador de idoso oferecido pela Semsa.

A coordenadora do Polo Josué de Castro e nutricionista Maryana Ribeiro, ressalta que a instituição está constantemente firmando parcerias a fim de oferecer ao público diversas qualificações na área. Os cursos são realizados em parceria com instituições reconhecidas como o Sesc e Senai, além de iniciativa privada e universidades. Têm em seu cronograma aulas práticas e teóricas e conferem certificado ao participante. "A procura é muito grande e quando abrimos inscrições, rapidamente as turmas são preenchidas", diz a Maryana Ribeiro.

A Semsa disponibiliza anualmente um cronograma de cursos na área alimentar tendo como foco o empreendedorismo. Na lista estão Boas Práticas de Manipulação de Alimentos (BPMA), Aprimoramento em Cozinhas Domésticas, Educação Alimentar, Bombons regionais, Biscoitos Caseiros, Etiqueta à Mesa, Salgados para Festa, Compota de Frutas, Tortas Finas, Culinária Regional, Organização de Geladeira, Cuidador de Idoso e Alimentação Saudável e Aprimoramento em Cozinhas Domésticas.

 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem