agencia

Notícias

Atualizado em 21/11/2016 às 18h41

Prefeitura estimula pequenos negócios na zona rural de São Luís por meio da Caravana do Empreender

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura estimula pequenos negócios na zona rural de São Luís por meio da Caravana do EmpreenderMicroempreendedores da zona rural de São Luís tiveram um dia de informação, capacitação e a oportunidade de melhorar seus negócios durante a terceira edição da Caravana Empreender executado em parceira pelo governo do estado e Prefeitura de São Luís. As equipes da caravana estiveram na União de Moradores de Pedrinhas, neste sábado (19), prestando orientação. Cerca de 120 pessoas participaram desta edição e oito negócios foram formalizados.

O objetivo do projeto é a promoção da atividade empreendedora formal no município, seguindo o que rege a Lei Geral de Micro e Pequenas Empresas. "Todo esse processo é articulado com diversas secretarias municipais e entidades para formalizar, capacitar e também auxiliar na recuperação do crédito destes pequenos negócios. A caravana também estimula os que querem empreender", disse o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), José Cursino. A Caravana do Empreender tem parceria da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), órgão ligado ao Governo do Estado.

Durante o evento, os participantes puderam negociar dívidas com a Cemar, receberam orientações da Caixa Econômica Federal para oferecimento de crédito orientado e serviços diversos com o Caminhão da Cidadania da Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz).

Os participantes tiveram ainda a oportunidade de se capacitar por meio do Sebrae e pequenos produtores rurais aproveitaram o momento para expor seus produtos. "Tivemos também um público interessado em aprender mais sobre o tema para iniciar um negócio próprio", enfatizou o secretario adjunto da Seplan, Pablo Rebouças.

Esta edição da Caravana Empreender contou ainda com apoio do Senai; Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); das secretarias municipais de Agricultura e Pesca (Semapa), Obras e Serviços (Semosp); e da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima). Esta foi a terceira edição do evento e a primeira na zona rural.

A caravana já esteve nos bairros Cidade Olímpica e área Itaqui-Bacanga. "Para uma primeira edição na zona rural considero o resultado muito positivo por demonstrar o potencial empreendedor da área. Para novas edições consideramos alcançar resultados mais positivos ainda, tirando da informalidade toda uma cadeia de atividades econômicas", disse Pablo Rebouças.

A próxima edição está em fase de planejamento com os parceiros do projeto e a área a ser atendida será escolhida seguindo o mapeamento de formalização da Jucema.

As ações da caravana são realizadas com apoio dos agentes de desenvolvimento – servidores públicos da Prefeituras, de diversas secretarias, treinados pelo Sebrae para atuar junto aos microempreendedores. São Luís possui 24 agentes de desenvolvimento, sendo que 23 foram capacitados na atual gestão. A capital é a segunda do Nordeste em número destas equipes. A primeira é Salvador.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem