agencia

Notícias

Atualizado em 15/12/2016 às 18h22

Prefeitura avança na construção da praça dos Ipês, no Angelim

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Moradores do Angelim vão ganhar um novo espaço de lazer e de prática de esporte que está sendo construído pela Prefeitura de São Luís. A praça dos Ipês, como será chamada, está localizada entre as ruas 7 e 8. O local, antes cheio de lixo e de mato, está dando lugar a uma bonita área de lazer para toda a comunidade com playground, academia ao ar livre e pista de skate. Esta é a primeira praça construída pela Prefeitura que conta com uma pista para realização do esporte.

O serviço compõe o cronograma de recuperação de praças da capital que já requalificou mais de 30 logradouros em São Luís, transformando-os em espaços de lazer e convivência frequentados por crianças, jovens e idosos, em diversos bairros da cidade.

Os espaços, antes abandonados, eram considerados um gargalo da política pública voltada à infraestrutura de lazer e entretenimento dos moradores. Por conta disso, a reforma das praças tornou-se uma prioridade de gestão do prefeito Edivaldo. O objetivo é ofertar à população locais mais aprazíveis e adequados ao lazer e bem-estar mais próximos de suas casas.

A construção da praça do Angelim atende à solicitação da comunidade que foi convidada a participar do desenvolvimento do projeto com a equipe da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh). A obra era, há muito, esperada pelos moradores do bairro, que tem mais de 40 anos de fundação.

"A pista de skate, por exemplo, foi uma solicitação dos moradores. A construção dessa pista acabou levando o pessoal da Confederação de Skate, que integra praticantes de skate, patins e bicicross, a contribuir com o projeto dando orientação sobre qual a melhor altura das rampas para mais segurança e desempenho dos participantes do esporte", contou a coordenadora de Operação Urbana da Semurh, Joseana Cristina Morais Anchieta.

ESTACIONAMENTO

No perímetro da praça, foram criadas vagas de estacionamento, minimizando este que é um problema para os moradores da área. Em frente à praça tem um mercado e próxima a área tem duas igrejas. "Colocamos estacionamento no perímetro da praça e ocupamos a área interna com equipamentos", explicou Cristina Anchieta.

O projeto de construção do espaço público preservou toda a arborização existente no local, que foram plantadas por moradores mais antigos do bairro. No espaço onde há um maior número de árvores foram colocados bancos e mesas fixas para convivência dos moradores e o playground. "Tentamos deixar as crianças em um espaço mais afastado da pista de skate, que deve ter um maior movimento de pessoas", contou a coordenadora.

Tanto a academia quanto o playground estão cercados por alambrados. Os equipamentos instalados na academia contemplam também portadores de deficiência e devem contribuir para a promoção da saúde dos moradores da região.

Conceição de Maria Abreu, 68 anosA aposentada Conceição de Maria Abreu, 68 anos, contou que está ansiosa para a ver a praça inaugurada. "A obra valoriza a área e para gente é um privilégio sair de casa e se deparar com um espaço tão bonito", disse Conceição Abreu. "A gente gosta muito de sentar na porta de casa no final da tarde e quando a praça for entregue, vamos sentar lá, que é muito arborizada", completou Maria da Conceição Marques, que é vizinha de Conceição Abreu.

Ihago Victor Ferreira, de 18 anos, disse que é muito "bacana" a ideia da construção da pista de skate. "Eu não prático o esporte, mas muitos amigos meus praticam, então eu vou convidá-los para vir aqui, vai ser muito divertido, com certeza", disse.

O aposentado Nonato Cavalcante também destacou que a praça valoriza o bairro. "O Angelim é um bairro antigo, mas com poucos atrativos. A praça é uma benfeitoria para a área", disse Cavalcante.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem