agencia

Notícias

Atualizado em 07/02/2017 às 17h26

Prefeitura sorteia endereços dos residenciais Piancó I e II

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura sorteia endereços dos residenciais Piancó I e II A Prefeitura de São Luís realiza, nesta quinta-feira (9) e sexta-feira (10), o sorteio de endereços das unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, dos contemplados nos Residenciais Piancó I e II, construídos na área Itaqui-Bacanga. São 448 apartamentos, marcando a consolidação do sonho da casa própria para centenas de famílias. A solenidade está marcada para as 15h, na Central de Habitação, localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, São Francisco.

O evento integra mais uma etapa do programa de habitação do Governo Federal executado pela Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), que já soma mais de 11 mil unidades entregues, desde a primeira gestão do prefeito Edivaldo. O secretário de Urbanismo e Habitação (Semurh), Mádison Leonardo Andrade Silva, relembrou a abrangência dos programas habitacionais executados pela administração. O gestor pontua que todos os esforços são reunidos em ações coordenadas pela Prefeitura.

"A realização do sonho da casa própria para milhares de famílias concretiza um compromisso assumido pelo prefeito Edivaldo com a população de São Luís, garantindo moradia digna para os que mais precisam. Para garantir o sucesso do programa, trabalhamos de forma integrada, coletando as demandas e promovendo o acompanhamento social das famílias atendidas. O objetivo do programa é diminuir o déficit de habitação e garantir que cada vez mais pessoas conquistem o direito a morar bem e com dignidade", relembrou Mádison Silva.

Um diferencial do projeto de habitação do prefeito Edivaldo, conforme destaca o secretário da Semurh, é a contratação e construção equipamentos sociais nos residenciais construídos e em fase de construção. O núcleo agrega creche, escola, área de lazer e posto de saúde. Além disso, nos novos residenciais há também o oferecimento de capacitação e a promoção de ações educativas e sociais às comunidades por meio do Trabalho Técnico Social.

As unidades habitacionais são destinadas a pessoas de baixa renda que não tenham residência própria. Cada empreendimento do Programa Minha Casa, Minha Vida em São Luís reserva ainda cerca de 3% a 5% das moradias para pessoas residentes em áreas de risco, desabrigadas ou que sejam benefíciárias do Aluguel Social. O trabalho de identificação desse público, que tem prioridade no programa, é realizado por equipes técnicas da Semurh.

A Prefeitura já entegou unidades dos residenciais Vila Maranhão I, II, III e IV de apartamentos com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Foram entregues também pela Prefeitura unidades do Residencial Ribeira I a IX; Residencial Amendoeira; Luiz Bacelar I e II; Apartamentos do Recanto Verde; Residencial São José V; apartamentos do Piancó VII e VIII; e casas do Residencial Santo Antônio. 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem