agencia

Notícias

Atualizado em 15/02/2017 às 14h33

Prefeitura lança Programa de Recuperação de Crédito da Fazenda Municipal nesta segunda-feira (20)

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Pessoas físicas ou jurídicas, com debito de natureza tributária ou não, inscrita ou não na dívida ativa, poderão regularizar sua situação junto ao Fisco Municipal com descontos de juros e multas. Isso poderá ser feito por meio do Programa de Recuperação de Crédito da Fazenda Municipal (Refaz) – 2017 que será lançado nesta segunda-feira (20), pela Prefeitura de São Luís. A arrecadação municipal recebida será revertida em diversas ações nas áreas de educação, saúde e infraestrutura.

O prefeito Edivaldo destacou que o programa será lançado diante da necessidade de viabilizar instrumentos administrativos eficientes para a diminuição da dívida ativa, considerando que a execução fiscal representa grande dispêndio ao município. "Além de possibilitar a regularização da situação fiscal dos diversos contribuintes do município, o Refaz possibilitará à população e às empresas, a oportunidade de regularizar a sua situação, assim, o município aumenta a arrecadação e pode investir em mais serviços e obras que vão beneficiar a cidade como um todo", disse o prefeito Edivaldo.

"O Refaz é uma possibilidade que o município está dando aos contribuintes para que eles possam ficar novamente quites com seus débitos tributários municipais. O contribuinte terá, assim, a possibilidade de quitar sua dívida com o município à vista ou parcelar essa dívida em até 48 meses. Lembrando que, em todas as opções que o cidadão optar, ele receberá desconto", explicou o secretário da Fazenda (Semfaz), Délcio Rodrigues.

O período de adesão ao programa vai de 20 de fevereiro a 17 de abril. Por orientação do Prefeito Edivaldo, vários pontos de atendimento foram definidos para auxiliar o contribuinte.

DESCONTOS

Por meio do Refaz, o contribuinte poderá pagar suas dívidas com desconto de juros e multas de até 100% no caso daqueles que optarem pelo pagamento à vista. Para os que escolherem o parcelamento, os descontos variam de acordo com o número de parcelas: 80% em seis vezes; 60% para o parcelamento de 7 a 12 vezes; 40% para 13 a 24 vezes; 20% para 25 a 36 parcelas; e 10% para quem dividir entre 37 e 48 vezes.

"O certo é que, independente da opção que o contribuinte faça, ele vai ter um abatimento em juros e multa. Com esse parcelamento, poderá novamente emitir suas certidões positivas, comercializar e receber recursos públicos e assinar contratos com a administração pública", pontuou Délcio Rodrigues ao falar sobre as vantagens da adesão ao programa.

A adesão ao programa, após o seu lançamento, poderá ser feita no posto de atendimento do Viva Cidadão do Shopping da Ilha, na sede da Secretaria Municipal da Fazenda, localizada na Av. Kenedy, 1455 – Bairro de Fátima e na Procuradoria Fiscal, na Rua do Sol, 83 – Centro.

FERRAMENTA

Em audiência de apresentação do projeto Refaz para 2017 o vereador Osmar Filho classificou o programa como uma importante ferramenta para que o contribuinte ipossa recuperar o seu crédito. "Também é uma forma importante de o município arrecadar para que possa desenvolver suas ações", disse.

Presente também na audiência, o secretário de Articulação Política, Jota Pinto, aprovou a inciativa da Prefeitura. Segundo ele, o Refaz vai facilitar a adesão do contribuinte que deve ao fisco e vai fazer com que as empresas tenham poder de recuperação. "O Refaz é uma maneira das empresas recuperarem o crédito e se reestruturarem financeiramente. É um incentivo importante para que as empresas voltem a recuperar crédito e o mercado seja reaquecido", enfatizou o secretário.