agencia

Notícias

Atualizado em 05/03/2017 às 8h39

Prefeito Edivaldo participa do lançamento da Campanha da Fraternidade 2017

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís


Prefeito Edivaldo marca presença no lançamento da Campanha da Fraternidade 2017Uma multidão de fiéis prestigiou a abertura oficial da Campanha da Fraternidade 2017, neste sábado (4), no Ginásio Castelinho, bairro Vila Palmeira. O evento é realizado pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e Arquidiocese de São Luís e este ano tem foco na proteção e preservação do meio ambiente a partir do tema 'Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida' e do lema 'Cultivar e guardar a criação', extraído de Gênesis 2,15. O prefeito Edivaldo compareceu à cerimônia católica, acompanhado da primeira-dama Camila Braga e do vice-prefeito Julio Pinheiro, para manifestar apoio ao tema da campanha.

"Este é um momento de reflexão, de um debate importante que precisa ser ampliado e que diz respeito a todos. É um debate pertinente, de interesse geral e que estaremos prontos a participar e colaborar pelo êxito dessa campanha", pontuou.

O vice-prefeito Julio Pinheiro ressaltou a pertinência do tema por se tratar de preocupação comum a todos - poder público e sociedade. "A Igreja chama todos para uma importante reflexão a partir do tema desta Campanha da Fraternidade. Cuidar dos nossos biomas é cuidar do nosso planeta e zelar pela sobrevivência humana. Estamos coesos com a Igreja nesse sentido em apoio à campanha", enfatizou.

O secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves, representando o governador Flávio Dino, avaliou a significância de debater o tema. "O Governo do Maranhão considera que a campanha é um chamamento importante e fundamental, pois se trata de combinar desenvolvimento econômico-social com desenvolvimento ambiental, o que é crucial para a qualidade da vida humana. É um desafio que depende de todos para se tornar concreto", pontuou.

Estavam presentes ainda à celebração a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe e demais autoridades.

PROGRAMAÇÃO

A programação de abertura foi marcada por um momento de acolhida, coordenado pelo grupo Juventude do Santuário Nossa Senhora da Conceição e Legião de Maria, às 14h. Em seguida, intervenção de animação, coordenado pelo padre Flávio Collins e banda.

O padre Crizantônio da Conceição comandou o momento de oração, seguido de espaço de falas sobre os biomas maranhenses e os desafios da Igreja para preservá-los. A programação contou ainda com apresentação teatral com o grupo da Paróquia Nossa Senhora da Penha, do Anjo da Guarda; e encerrou com missa solene presidida pelo arcebispo de São Luís, Dom José Belisário e concelebrada por Dom Esmeraldo Barreto de Farias e pelo clero da Arquidiocese.

Dom José Belisário pontuou que o objetivo das discussões é conscientizar para a importância na preservação dos recursos naturais e do meio em que vivemos. "É um compromisso de todos a preservação do meio. A campanha pretende esclarecer e trazer ao conhecimento da sociedade os biomas para que possam proteger e não pensem apenas nos lucros que podem ser gerados com sua exploração", explicou Dom José Belisário.

O arcebispo enfatizou a estratégia da campanha para levar o tema ao conhecimento e despertar o interesse da sociedade, poder público e instituições por essa preservação. "Entendemos que levar essa mensagem já se traduz num ganho. Apresentar os biomas, outro ganho. E ao longo da campanha levaremos a discussão às paróquias para sensibilizar e envolver todos nesta proposta", reiterou Dom Belisário.

No momento alto da cerimônia, com a celebração da missa, às 17h, o público cantou, orou e recebeu as palavras cristãs. A enfermeira Josélia Alcântara Ribeiro, 37 anos, enfatizou o momento especial que a celebração representa. "A campanha tem sempre o objetivo de unir todos os cristãos por um bem maior a todos. Gosto de participar e me sinto sempre emocionada com a demonstração de fé que acontece aqui", disse.

Para a comerciante Francisca de Fátima dos Santos, 34 anos, a campanha é sempre momento de importantes reflexões. "Sou católica praticante e gosto de participar para conhecer ainda melhor o tema e fortalecer o discurso dá minha Igreja. Participar e ter a atitude é importante", disse.

Segundo a organização, estiveram representados no evento 54 paróquias e 800 comunidades católicas da capital e interior do Estado. Nos próximos 40 dias serão promovidas diversas atividades nas paróquias e encerrando na Páscoa.

SAIBA MAIS

O bioma é o conjunto de vários elementos – solo, clima, vegetação e outros – que caracterizam uma região. No Brasil, os principais são o cerrado, a amazônia, a caatinga, mata atlântica, pampas e pantanal. No Maranhão predomina a restinga, floresta amazônica, campos (Baixada Maranhense), cerrado, manguezais e mata de transição (mata dos cocais). O evento quer sensibilizar para o cuidado com estes sistemas. A Campanha da Fraternidade é realizada desde 1964 pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem