agencia

Notícias

Atualizado em 10/03/2017 às 14h45

Prefeito Edivaldo recebe comitiva da cidade chinesa de Wuhan para reforçar parceria

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo recebe comitiva da cidade chinesa de Wuhan para reforçar parceriaO prefeito Edivaldo e o vice-prefeito Julio Pinheiro, acompanhados de parte de seu secretariado receberam, na manhã desta sexta-feira (10), no Palácio La Ravardière, delegação do governo municipal de Wuhan, cidade chinesa com quem a Prefeitura de São Luís mantém parceria de cooperação bilateral nas áreas econômica e social. A reunião teve como objetivo avaliar os progressos obtidos com o acordo firmado em 2015 e discutir novos caminhos. A comitiva chinesa foi liderada pelo vice-presidente executivo do Governo Popular Municipal de Wuhan, Long Zhengcai. A comunitiva reuniu-se com reitores universitários, representantes da Fiema, empresários da industria, representantes da Associação Comercial do Maranhão e empresários do comércio para um almoço de negócios e finalizou a agenda na capital com um encontro com vice-governador do Estado Carlos Brandão.

"O relacionamento institucional com a cidade de Wuhan foi nossa primeira experiência de parceria internacional e, também, a primeira cidade com a qual estabelecemos um acordo de irmandade. Já obtivemos avanços consideráveis no esforço de aproximar nossas cidades e garantir frutos importantes oriundos dessa união. Nosso maior objetivo é promover a expansão das relações internacionais de São Luís com outras cidades do mundo, buscando firmar parcerias com localidades que têm expertise nas áreas em que buscamos progredir", disse Edivaldo.

Long Zhengcai ressaltou a importância da parceria entre as cidades co-irmãs. "São Luís tem potenciais bastante desenvolvidos em diversas áreas, como no setor portuário, por exemplo, o que nos estimula a desenvolver cooperação mútua também nessa área. Pretendemos aprofundar as parcerias bilaterais entre nossas cidades-irmãs, para promover nossas empresas, investindo e contribuindo com o desenvolvimento local. Nos últimos 30 anos, a China teve um desenvolvimento muito grande nas áreas industriais e comerciais, mas o nosso interesse não é apenas promover o estímulo ao crescimento de nosso país, mas também colaborar com o processo de desenvolvimento econômico do Brasil", disse Long Zhengcai.

O vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, enfatizou a importância das parcerias institucionais e comerciais que são celebradas entre São Luís e Wuhan, visando ao desenvolvimento local de ambas as cidades-irmãs. "A troca de experiência e as parcerias concretas que firmaremos serão muito produtivas para o fortalecimento das relações entre os governos municipais de São Luís e Wuhan, sobretudo, naquilo que possa resultar em investimentos para o crescimento econômico e o desenvolvimento social de nossa cidade", disse Julio Pinheiro.

FRUTOS

O prefeito Edivaldo afirma que estão sendo colhidos os frutos dessa parceria e que um dos resultados positivos é que São Luís está em processo de receber uma unidade do Instituto Confúcio. O objetivo é desenvolver projetos diversos, entre eles, o ensino do mandarim (idioma oficial da China) e outras capacitações voltadas aos jovens. A iniciativa é fruto de parceria, articulada pela Prefeitura de São Luís, entre o Governo do Estado e a Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O Instituto Confúcio é uma instituição chinesa não lucrativa, cujo objetivo é promover a cultura do país, dando suporte ao ensino da língua chinesa em todo o mundo, bem como difundir a cultura e os costumes chineses ao redor do mundo. O objetivo é dar oportunidade para que estudantes da rede municipal e estadual, funcionários governamentais e técnicos de empresas privadas possam desenvolver o estudo do mandarim, além de entender questões importantes da cultura e da história desse país.

Além da instalação de uma unidade do Instituto Confúcio, a secretária municipal de Relações Institucionais, Ana Paula Rodrigues, destacou outras importantes iniciativas fruto da parceria. Entre elas está o convite feito Governo Popular Municipal de Wuhan para que estudantes da rede pública municipal de São Luís participem do Acampamento de Verão de Amizade Internacional da Cidade de Wuhan, que será realizado entre os dias 19 a 30 junho deste ano.

Durante a estadia em Wuhan, os alunos irão estudar e ficarão acomodados no dormitório da Universidade Jianghan em dias úteis e nos fins de semana, viverão com famílias de Wuhan. Na área do esporte, o vice-presidente executivo do Governo Popular Municipal de Wuhan, Long Zhengcai, reforçou os convites para participação de atletas maranhenses em competições de modalidades aquáticas e futebol, realizadas pelo Festival Internacional de Maratonas Aquáticas da cidade de Wuhan.

A comitiva de Wuhan reforçou também o convite à cidade de São Luís, para participar do campeonato de futebol de adolescentes, que será realizado, no segundo semestre deste ano, na China, com todos os custos assumidos pele governo municipal de Wuhan. Em contrapartida, São Luís receberá jogadores adolescentes de futebol da cidade de Wuhan, para participarem de uma formação de curto prazo nesse esporte, com todos os encargos por conta da Prefeitura de São Luís.

"Já estamos articulando também o envio de atletas integrantes do programa Movimento e Resgate, de escolinhas de futebol da Secretaria Municipal de Desportos e Lazer, para participarem do Campeonato Internacional de Futebol da cidade de Wuhan", afirmou a secretária Ana Paula.

Avanços da parceria já são verificados também no setor portuário. O intuito é incentivar a cooperação entre os portos de São Luís e Wuhan, nas áreas como tecnologia da informação, operação portuária e de gestão, infraestrutura, entre outras. Resultado disso é que os presidentes do Porto do Itaqui, em São Luís, e o Wuhan New Port, em Wuhan, passaram a trocar correspondências e estudar possibilidades de cooperação nas áreas de operação portuária, gestão e infraestrutura.

"A reunião realizada hoje é mais um passo dado para avançarmos ainda mais nessa parceria, principalmente nas áreas do comércio, indústria, mobilidade urbana, tecnologia, turismo, infraestrutura, entre outras. Wuhan é uma cidade com muitas possibilidades e essa parceria pode beneficiar a população de ambas as cidades proporcionando melhor qualidades de vida pela cooperação", frisou Ana Paulo Rodrigues.

Atualmente, a China é o principal parceiro comercial do Brasil. Muitos produtos que são exportados para a China são produzidos no Maranhão ou passam pelo Maranhão, pelo Porto do Itaqui.

Durante a reunião, o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Aquiles Andrade, fez uma breve explanação para a comitiva governamental chinesa sobre os aspectos históricos, geográficos arquitetônicos e culturais de São Luís Luís. Da mesma forma, a secretária de finanças de Wuhan, Fang Jie, apresentou as potencialidades da cidade de Wuhan.

ACORDOS

O relacionamento entre São Luís e Wuhan iniciou-se em 2015. A partir de então, dois acordos foram assinados com a cidade de Wuhan. O primeiro, de 29 de abril de 2015, estabeleceu o relacionamento de cidades-irmãs visando melhorar a compreensão e promover o desenvolvimento social mútuo nas áreas de economia, comércio, cultura, educação, esportes, turismo, entre outras.

O segundo acordo foi assinado no dia 21 de janeiro de 2016 e tratou-se de um Memorando de Cooperação que visa reforçar a amizade e colaboração entre as duas cidades, principalmente nas áreas de educação, esporte e portuária. Na área da educação, o documento estabelece que as duas cidades devam promover relações escolares e de cooperação educacional, por meio de intercâmbios educacionais e outras atividades institucionais de cunho educativo.

Também participaram da reunião com a delegação governamental chinesa os secretários municipais José Cursino Moreira (Planejamento), Socorro Araújo (Turismo), Moacir Feitosa (Educação), Conceição Castro (Comunicação), Jota Pinto (Articulação Política), Gustavo Marques (Projetos Especiais) e Marlon Botão (Cultura).

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem