agencia

Notícias

Atualizado em 11/04/2017 às 17h39

Programa Peixe Solidário combate insegurança alimentar e garante alimentação saudável à população

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Programa Peixe Solidário combate insegurança alimentar e garante alimentação saudável à população
Mais alimento na mesa de quem precisa e menos insegurança alimentar com o programa 'Peixe Solidário', que distribui pescados a pessoas em vulnerabilidade social. A ação da Prefeitura de São Luís foi intensificada durante a Semana Santa para garantir o peixe a milhares de pessoas no período e manter a tradição da data cristã de ter este alimento como o principal da ceia. As entregas iniciaram na segunda-feira (10) e prosseguem até esta quinta-feira (13), com entregas pela manhã e tarde. Neste período a ação vai contemplar mais de 20 bairros com a distribuição de 22,5 toneladas de pescados.

O prefeito Edivaldo compareceu à entrega no bairro Liberdade na tarde desta terça-feira (11) e conversou com moradores. Ele enfatizou a importância do programa criado em sua gestão. "É uma ação que só traz benefícios às comunidades atendidas, além de contribuir para que as pessoas tenham uma refeição mais saudável e adequada e mais saúde. Muito nos orgulha poder garantir o alimento e vamos prosseguir seguindo a meta de ampliar as entregas", reiterou o prefeito.

Além do bairro Liberdade, moradores do Anil e Cidade Operária também foram contemplados com as entregas do programa nesta terça-feira (11). O programa contribui para diminuir os índices de insegurança alimentar e garante aos beneficiados um alimento de qualidade, nutritivo e saudável. Quem compareceu às entregas se mostrou satisfeito com o alimento recebido e parabenizou a iniciativa da gestão municipal. Totalizaram 7,8 mil pessoas beneficiadas.

ALIMENTO

A aposentada Doralice Borges dos Santos Cunha, 76 anos, já tinha o destino do produto: a ceia de Sexta-Feira Santa para ela e mais cinco pessoas da família. "A gente faz um almoço com esse peixe aqui e o dinheiro que ia comprar esse alimento, faz outra coisa. É muito bom o programa porque ajuda muito a gente que não tem dinheiro para certos gastos", disse.

Na casa de Maria Francinete Amorim, de 70 anos, o peixe vai complementar a alimentação da semana cristã. Ela recebe o produto pela primeira vez e elogiou a qualidade. "É um peixe muito bom, que dá para fazer frito e já ajuda na refeição. Eu gostei desse programa que dá um alimento bom desses, que se fosse comprar, está bastante caro", enfatizou a aposentada.

Recebendo o produto pela segunda vez, a dona de casa Natália Fátima Santos Araújo, 32 anos, disse que sempre aguarda as etapas dos programas para garantir o alimento. "Sei que é bom, de qualidade e que ajuda muito. O dinheiro que eu ia usar para comprar peixe para a Semana Santa, já compro outro alimento", enfatizou. Natália destacou como maior benefício da ação o alcance dos mais necessitados. "Esse peixe vai servir quem realmente tem a precisão e a gente vê que é um programa para o povo", disse.

PESCADO

O peixe é rico em proteína, minerais, é fonte de diversas vitaminas e nutrientes e em ômega três. Entre os benefícios para a saúde está a diminuição dos riscos de doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral (derrame); redução da pressão arterial; ação anti-inflamatória; diminuição das taxas de triglicérides e do colesterol total no sangue. "É um alimento que pode ser consumido por pessoas de todas as faixas etárias e a orientação é que seja incluído na dieta ao menos duas vezes na semana", informa a secretária municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Fatima Ribeiro.

O programa 'Peixe Solidário' é executado pela Semsa, em parceria com a Agricultura e Pesca (Semapa) e Assistência Social (Semcas) com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). Presentes à distribuição estavam ainda o vice-prefeito Julio Pinheiro; secretário municipal de Assuntos Políticos, Jota Pinto e lideranças do bairro.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem