agencia

Notícias

Atualizado em 26/04/2017 às 15h21

Prefeitura participa de reunião com o Banco Mundial em evento de sustentabilidade urbana em Brasília

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A Prefeitura de São Luís participa do 'IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável' (EMDS), realizado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e que ocorre até sexta-feira (28), em Brasília (DF). O prefeito Edivaldo foi representado pelo vice-prefeito, Julio Pinheiro que participou nesta terça-feira (25), da mesa de diálogos entre o Banco Mundial e gestores municipais. Na ocasião foram discutidas as demandas das gestões municipais e os desafios financeiros em viabilizar soluções.

O encontro com o Banco Mundial foi destinado a prefeitos e vices de cidades acima de 300 mil habitantes e reuniu cerca de 40 gestores. O Banco Mundial apresentou o planejamento estratégico de atuação (2017-2023) e a agenda de desenvolvimento sustentável, na qual técnicos em áreas específicas de atuação do banco se colocaram à disposição dos prefeitos. A secretária de Articulação Institucional da Prefeitura de São Luís, Ana Paula Rodrigues, também participou do evento.

Especialistas e consultores apresentaram experiências exitosas obtidas por meio das linhas de financiamento ofertadas pela instituição. Além do Banco Mundial, participaram da reunião consultores da Caixa Econômica Federal. 

O vice-prefeito saiu otimista do encontro com o Banco Mundial. "A reunião foi para tratar da situação brasileira no que tange ao quadro de dificuldades e incertezas no campo econômico e as possibilidades de financiamento para as cidades na perspectiva da sustentabilidade", disse Julio, indicando a importância da reunião para São Luís.

PARCERIA

Marcio Lacerda, presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), falou da importância da parceria com o Banco Mundial para subsidiar a gestão dos governantes locais. "A enorme capacidade técnica do Banco é importante para qualificar a gestão dos prefeitos. Além disso, aproveito a ocasião para sugerir ao banco que crie um modelo de curso permanente à distância com experiências bem-sucedidas que possam ser replicadas pelos municípios", sugeriu Lacerda.

A secretária Ana Paula enfatiza a grande importância da realização de eventos voltados para os municípios com esse porte. "O IV EMDS é um dos maiores eventos brasileiros que fala sobre sustentabilidade nos municípios, trazendo variadas óticas de gestão, contribuindo assim para o desenvolvimento de São Luís. Os eixos temáticos estão bem diversificados e abarcam as principais adversidades enfrentadas pela nossa cidade" disse a secretária.

ENCONTRO

O encontro tem como principal objetivo o fomento, construção e pactuação de possibilidades para melhorar a crise na situação fiscal dos municípios brasileiros, a partir de agendas propositivas de desenvolvimento local sustentável. O IV EMDS tem 25 salas temáticas, que abordam sobre financiamentos para superar desafios também nas áreas de transporte, cultura, economia solidária, abastecimento de água, saúde pública, entre outras.

"As gestões precisam dar respostas à sociedade sobre serviços de primeira necessidade como o transporte público, o abastecimento de água, a destinação correta do lixo, serviços de saúde, principalmente de prevenção, entre outros. Para isso são necessários recursos financeiros. Então, avalio como muito importante esses debates promovidos no encontro, nos quais foram possíveis a troca de experiências e a busca por soluções", avaliou o vice-prefeito.

Os debates seguirão os seguintes eixos temáticos: serviços e políticas públicas como direitos da cidadania; Cidades inteligentes, inovadoras, democráticas e transparentes; direito à cidade; repactuação federativa, consorciamento e desenvolvimento regional; qualidade e eficiência na gestão pública e a judicialização da escassez; agenda urbana global e mudanças climáticas; incentivo à economia local, empreendedorismo, emprego, trabalho e renda.