agencia

Notícias

Atualizado em 20/05/2017 às 11h14

Prefeitura lança nova etapa de capacitação profissional no Residencial Santo Antônio II

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura lança nova etapa de capacitação profissional no Residencial Santo Antônio IIO prefeito Edivaldo realizou, na manhã deste sábado (20), o lançamento da segunda etapa do Trabalho Técnico Social  executado pela Prefeitura de São Luís no  Residencial Santo Antônio II. Durante o lançamento do programa o prefeito fez a entrega de certificados a 300 participantes da primeira etapa do trabalho realizado no Residencial Santo António I, onde foram ofertadas mais de trinta atividades de capacitação profissional.

Coordenado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), o projeto garante apoio social e profissional a moradores de habitações do programa 'Minha Casa, Minha Vida' da capital, oferecendo orientação e capacitação. Com esta iniciativa, a Prefeitura de São Luís já beneficiou cerca de 14 mil pessoas nos empreendimentos do 'Minha Casa, Minha Vida' implantados na capital, como os residenciais Ribeira (10 mil pessoas), Piancó (2.500) e Santo Antônio I (1.300).

"O Minha Casa, Minha Vida vai muito além da mera concessão de habitações, pois a ação visa não apenas beneficiar às famílias de baixa renda com moradia digna, como também promover o desenvolvimento humano das pessoas contempladas pelo projeto. E o trabalho técnico social executado aqui tem esse viés de fomentar a participação comunitária, favorecer a ocupação consciente dos espaços públicos e estimular o exercício da cidadania para que as pessoas saibam reconhecer seus direitos e deveres e passem a reivindicá-los quando necessário", afirmou o prefeito Edivaldo.

O Trabalho Social iniciado no Residencial Santo Antônio II compreende a realização de cerca de 35 atividades entre cursos, palestras e oficinas como decoração de sandálias, bijuteria, corte de cabelo, design de sobrancelha, maquiagem, pintura em vidro, promotor de vendas, salgados, entre outras. As ações seguem o direcionamento do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, como atividades complementares visando ao desenvolvimento humano dos beneficiários.

Presente ao ato, o vice-prefeito de São Luís, Júlio Pinheiro, destacou a ação como um avanço na perspectiva de promover o crescimento profissional de milhares de jovens e adultos da capital. "O mercado exige pessoas cada vez mais qualificadas e a Prefeitura faz a sua parte nesse sentido, oportunizando a capacitação e maior possibilidade de inserção no mercado", frisou Júlio Pinheiro.

O projeto oferece palestras que tratam ainda sobre organização comunitária, preservação ambiental, identidade de gênero, raça e regionalismo, promovidas por meio do Centro de Capacitação e Atendimento do residencial. As famílias recebem acompanhamento e orientação de equipes socioassistenciais, além de atividades de arte e educação.
programas.

"Ações como esta não promovem apenas capacitação, mas também cidadania e dignidade às pessoas que participam", observou o vereador Pavão Filho.

 

OPORTUNIDADE  

A ação beneficia pessoas como a dona de casa Fernanda Oliveira de Mesquita, 28 anos, moradora do residencial Santo Antônio I. Ela participou de três cursos diferentes de artesanato. "Tudo o que aprendi vai contribuir muito para que eu possa ajudar minha família com uma renda extra, confecionando os produtos em casa mesmo", disse.

"Aprender novas coisas nunca é demais, pois quanto mais conhecimento temos mais conscientes ficamos. Vou fazer quantas capacitações puder fazer participar aqui.", relatou a dona de casa, Maria Santana Sousa, 38 anos, moradora do residencial Santo Antônio II.

Participaram também do ato os secretários municipais Mádison Leonardo (Urbanismo e Habitação) e Ivaldo Rodrigues (Agricultura, Pesca e Abastecimento); os vereadores Pavão Filho, Beto Castro, Raimundo Penha, Sá Marques, Paulo Vitor, Edson Gaguinho, Fátima Araújo, Joãozinho Freitas e Umbelino Júnior.

                Acesse aqui galeria de imagens desta reportagem