agencia

Notícias

Atualizado em 22/05/2017 às 15h48

Prefeitura de São Luís abre exposição em alusão ao 18 de maio

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís abre exposição em alusão ao 18 de maioA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), realizou na manhã desta segunda-feira (22), no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, a abertura da Exposição em alusão ao 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A mostra é parte integrante das atividades do Comitê do Plano Municipal de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e permanece aberta até sexta-feira (26) das 9h às 17h.

Com recortes de jornais, livros e revistas, a exposição tem o objetivo de mobilizar e convocar toda a sociedade para a prevenção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes, lembrando que esquecer é permitir, e denunciar é combater.

A titular da Semcas, Andreia Lauande destacou o compromisso da gestão em realizar ações permanentes, através dos equipamentos sociais do município, para garantir a proteção de crianças e adolescentes na capital. "Este é um trabalho contínuo, de prevenção e promoção de políticas públicas, realizado nos Centros Referência Especializado de Assistência Social , os CRES e Centros de Referência da Assistência Social, os CRAS, e demais equipamentos do município. O prefeito Edivaldo tem garantido o compromisso no enfrentamento da violência sexual contra meninos e meninas", explicou Andreia.

Para a presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA), Janicelma Fernandes, a mostra que faz parte das atividades da semana do 18 de maio, é mais uma forma de discutir e levar a sociedade a mensagem de combate ao abuso. "O importante desta exposição, é este espaço para continuar discutindo com a sociedade e de dizer não abuso sexual de meninos e meninas, não é normal e esta é uma desconstrução pela qual nós, que fazemos parte do sistema de garantia de direitos lutamos todos os dias", destacou a presidente.

Além da exposição, a programação conta com a exibição de vídeos e palestras com a facilitação dos técnicos dos Creas, aberta a todos os públicos. Para o casal de turistas Valéria Amado e Alberto Amado, que estão de férias com o filho na capital, é necessário alertar e abrir os olhos da sociedade para uma temática tão delicada e atual, que é a violência contra crianças e adolescentes. Pela primeira em São Luís, eles aproveitaram a visita ao Centro Histórico para prestigiar a exposição.

"Todos os dias vemos nos jornais e na internet, cada vez mais casos de violência e estupro em crianças e adolescentes, nós enquanto sociedade precisamos debater e de fato nos responsabilizar pela proteção das nossos meninos e meninas", afirmou Alberto.

Já a turista, Valéria chamou atenção para a importância de denunciar os casos. "É fundamental fazermos a nossa parte para proteger as nossas crianças, é preciso ter empatia, não se omitir diante de qualquer desconfiança e a melhor forma de fazer isso é através da denúncia no disque 100", explicou a dona de casa.

                 Acesse aqui galeria de imagens desta reportagem