agencia

Notícias

Atualizado em 08/06/2017 às 15h50

Prefeitura promove curso de bolsa com material reciclável para acolhidos

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura promove curso de bolsa com material reciclável para acolhidos"Adoro artesanato! Já sei fazer cortina de botão de roupa; flores com folhas de cartolina; transformar garrafas pet e de vidro em objetos de decoração e as bolsas. Eu agradeço muito pela oportunidade e quero aprender ainda mais". O depoimento é da jovem Edna Costa Amorim, 18 anos, que participou na manhã desta quinta-feira (8), da oficina de confecção de bolsas com material reciclável, feitas a partir de caixas de leite longa vida, promovida pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas).

A ação teve como público-alvo os usuários da Unidade de Acolhimento, Casa de Acolhida Temporária, localizada no bairro Vinhais. Atualmente, cerca de 15 pessoas estão acolhidas na instituição. De acordo com a titular da Semcas, Andreia Lauande, a oficina demonstra o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo em proporcionar atividades que estimulem a prática sustentável ao público-alvo.

"Através deste curso, essas pessoas poderão desenvolver habilidades e são estimulados a empreender. É uma determinação do prefeito Edivaldo que viabilizemos uma nova perspectiva de vida para nossos usuários", destacou a secretária.

Na semana que marca o Dia do Meio Ambiente, os equipamentos sociais da Prefeitura aproveitaram a oportunidade para lembrar a importância de cuidar do meio ambiente e como o material reciclável pode ser utilizado, dando uma melhor destinação a eles. Na ocasião, os participantes fizeram sua própria bolsa, ficando assim, capacitados para criarem uma possível fonte de renda.

A facilitadora e cuidadora Elzine Reis Martins Lira, já experiente em facilitar cursos com material que pode ser reutilizado e de baixo custo, aproveitou pra destacar a importância da atividade. "Nesse tipo de produção nós podemos mostrar como muita coisa que é jogada fora pode ser reutilizada e de como essas pessoas podem, inclusive, garantir uma fonte de renda com esse material desprezado e que prejudica a natureza", explicou a facilitadora.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem