agencia

Notícias

Atualizado em 19/06/2017 às 18h37

Novo traçado geométrico dará maior fluidez ao trânsito nas proximidades do elevado da Cohab

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Novo traçado geométrico dará maior fluidez ao trânsito nas proximidades do elevado da CohabRedução dos engarrafamentos e maior fluidez do trânsito na Avenida Jerônimo de Albuquerque, nas proximidades do viaduto da Cohab. Essa é a proposta da obra executada pela Prefeitura de São Luís, que promove intervenções no trecho. Como parte dos serviços, a via foi alargada nos dois sentidos e os canteiros centrais retirados. Equipes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) prosseguem os trabalhos com a concretagem para construção dos novos retornos. Os trabalhos estão 90% concluídos e estão sendo feitos em parceria com a Faculdade Pitágoras.

O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, enfatizou que essa modificação geométrica vai garantir um fluxo mais dinâmico àquele trecho, onde são corriqueiros os congestionamentos. "Com a retirada dos sinais, o trânsito ganhará mais agilidade. O objetivo é desobstruir o tráfego em um cruzamento semafórico próximo ao supermercado. É um trabalho que a Prefeitura vem realizando em diversas vias de fluxo intenso na capital e que têm melhorado o tráfego nestes locais, tanto para condutores, quanto para pedestres", explica o gestor.

A avenida foi ampliada no sentido Cohab/Centro, dos dois lados, com a retirada dos canteiros centrais, cujo trecho passará a servir de retorno no sentido da esquerda – Centro/bairro e bairro/Centro. Foram retirados os três cruzamentos semafóricos ao longo da avenida – em frente ao supermercado, outro próximo à escola municipal e o último, após a escola, e implantar um novo semáforo.

Substituindo essas sinalizações, a Prefeitura vai implantar uma faixa de pedestre nas imediações do supermercado. A mudança vai melhorar a mobilidade e garantir mais segurança às pessoas portadoras de deficiência e idosos, além do público geral.

FLUXO

Quem trafega, trabalha ou mora na localidade aprova a intervenção. "Vejo que vai melhorar sim, vai fluir melhor, porque aqui é um trecho de muito engarrafamento e essa quantidade de semáforos acaba parando demais o trânsito e quem dirige, perde muito tempo no trajeto", avalia o vendedor Ítalo Araújo, 21 anos.

Para o balconista Fernando Machado, 17 anos, a retirada do conjunto de sinais vai garantir um trânsito mais ágil. "Vai ficar mais rápido para quem dirige e o pedestre vai ter mais segurança para atravessar. Porque, antes, os sinais fechavam um atrás do outro e não havia praticamente vez para quem estava a pé. Agora, vai fluir melhor, certamente", disse o jovem.

A obra está na etapa de construção dos canteiros, que já foram demarcados com meio fio; de dois retornos em frente à Praça Domingos Trabuzzi. Com a alteração, o retorno à avenida, que era realizado na Rua do Fio, passa agora a ser feito na imediação da praça, nos dois sentidos. A avenida vai ganhar novo conjunto de postes, cerca de oito, substituindo os atuais por estruturas maiores. "A proposta é realizar intervenções em trechos que apresentam estrangulamentos constantes, oferecendo riscos a pedestres e condutores", enfatizou Canindé Barros.

Entre as intervenções já realizadas pela Prefeitura e que melhoraram o trânsito na capital estão Anel Viário; Avenida dos Holandeses, entrada da praia de São Marcos; avenida Carlos Cunha, no Jaracati; e Avenida Colares Moreira, no Renascença; Curva do 90 no Vinhais; Avenida Castelo Branco (Igreja do São Francisco) com rua a das Paparaúbas, no São Francisco; Maranhão Novo; Africanos/ Parque dos Nobres; Africanos com Franceses e Aeroporto; Que proporcionaram mais organização ao trânsito, melhorando com isso a trafegabilidade do transporte público que serve à capital. As modificações integram o 'Plano Estratégico de Melhoria para o Trânsito', lançado em 2013 para melhorar a mobilidade urbana.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem