agencia

Notícias

Atualizado em 22/06/2017 às 18h11

Prefeitura orienta gestores sobre o programa Saúde na Escola

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura orienta gestores sobre o programa Saúde na EscolaCom o intuito de promover saúde e educação de forma integrada e visando principalmente a prevenção, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), nesta quinta-feira (22), orientou gestores escolares de 90 escolas municipais e estaduais sobre o programa Saúde na Escola, desenvolvido em parceria com o Governo Federal.

A iniciativa tem como finalidade contribuir para a formação integral dos estudantes da rede pública da Educação Básica, por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde. A ação sensibiliza ainda para temas como alimentação saudável, drogas e sexualidade e promove capacitações para os profissionais que atuam na área.

De acordo com o secretário de Educação, Moacir Feitosa, o principal objetivo é a atenção integral à saúde dos alunos da rede pública. "O programa Saúde na Escola vem contribuir para o fortalecimento de ações na perspectiva do desenvolvimento integral dos estudantes, ao mesmo tempo em que proporciona à comunidade escolar a participação em programas e projetos que articulem saúde e educação, para o enfrentamento das vulnerabilidades", disse o titular da Semed.

O programa destinará recursos federais para o cumprimento de 12 ações consideradas prioritárias: atualização vacinal dos estudantes; alimentação saudável e prevenção da obesidade infantil; ações de combate ao mosquito Aedes aegypti; avaliação de saúde bucal e aplicação tópica de flúor; saúde ocular e identificação de possíveis sinais de alteração; avaliação da saúde auditiva e identificação de possíveis sinais de alteração; prevenção das violências e dos acidentes; identificação de sinais de agravos de doenças em eliminação (tuberculose, tracoma, hanseníase, etc.); prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; realização de práticas corporais, da atividade física e do lazer; promoção da cultura de paz, cidadania e direitos humanos e prevenção de DST/AIDS e orientação sobre direito sexual e reprodutivo.

"Este programa vem aumentar o atendimento de grande importância para nossa cidade, atingindo as crianças, jovens e adultos não apenas das escolas do município, mas também para o Estado, com o avanço de melhorias na saúde educação", disse a coordenadora do programa na Semed, Juliana Ribeiro.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem