agencia

Notícias

Atualizado em 23/07/2017 às 14h52

Feirinha São Luís se consolida como mais uma ação de revitalização e reocupação do Centro Histórico

Feirinha São Luís se consolida como mais uma ação de revitalização e reocupação do Centro Histórico

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Feirinha São Luís se consolida como mais uma ação de revitalização e reocupação do Centro Histórico"Mais um domingo de Feirinha São Luís com a praça cheia, a população comparecendo em grande número à Benedito Leite, uma das mais belas praças do nosso Centro Histórico. Assim, o projeto da Feirinha cumpre o seu principal objetivo, que é promover a reocupação do Centro Histórico, para revitalizar esses espaços seculares e chamar moradores e turistas para conhecer e apreciar nossa cultura, nossa gastronomia, nossos produtos agrícolas e artesanais e as nossas tradições mais genuínas", afirmou o prefeito Edvaldo, ao prestigiar a 7ª edição da Feirinha São Luís, realizada neste domingo (23).

Acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, Edivaldo percorreu todos os espaços da feira, fez compras e conversou com a população. "Estamos muito felizes porque a Feirinha São Luís está promovendo na população um sentimento de pertencimento por sua cidade e por suas tradições populares mais marcantes, seja pelo aspecto gastronômico, arquitetônico ou por suas manifestações culturais", ressaltou Edivaldo.

Neste domingo, a sétima edição do evento bateu mais um recorde de público, registrando aproximadamente 4 mil visitantes. Todos os espaços da Praça Benedito Leite foram tomados por famílias inteiras que agora têm a Feirinha São Luís como o mais novo ponto de compras e entretenimento da cidade.

Ainda conforme Edivaldo, a Feirinha São Luís é mais uma iniciativa de muitas que estão sendo implementadas pela Prefeitura de São Luís, em diversas áreas, para revitalizar espaços do Centro Histórico da capital, muitos deles degradados pela ação do tempo. Os projetos visam incentivar a reocupação, impulsionar o turismo, estimular a economia e valorizar as belezas naturais e arquitetônicas do Centro Histórico.

O prefeito destacou algumas iniciativas nesse sentido, que contemplam ações de construção, iluminação e paisagismo na área do Centro Histórico, como as que foram realizadas nas praças do Pescador (Praia Grande), da Faustina (Rua do Giz) e Valdelino Cécio (Rua 28 de Julho), todos avaliados e aprovados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan-MA) e executados em parceria com o Governo do Estado.

Pontuou ainda a criação da Casa do Bairro, espaço localizado na Rua da Palma, idealizado com o propósito de revitalizar uma das áreas mais degradadas do Centro Histórico. A Casa é voltada à promoção de atividades em benefício da comunidade do Desterro e adjacência.

Pesquisa - Para conhecer melhor o perfil do consumidor da Feirinha São Luís, a Prefeitura de São Luís desenvolveu nesta edição do evento, uma pesquisa de consulta pública. Por meio da sondagem, será possível obter também informações sobre o grau de satisfação do visitante e tomar ciência sobre outros aspectos relevantes, como por exemplo, qual a principal motivação que levou o pesquisado à Feirinha e a nota que ele atribui a diversos serviços ofertados no espaço.

"Queremos conhecer o perfil dessas pessoas, para ter alguns embasamentos importantes e aprimorar cada vez o projeto, para garantir à população, a cada edição, um espaço sempre com novas opções de compras e de entretimento, de acordo com o que é almejado pelos visitantes", disse Ivaldo Rodrigues, secretário municipal de Agricultura Pesca e Abastecimento (Semapa), órgãos responsável pela execução do projeto.

Segundo o secretário, a Feirinha São Luís revitalizou o centro histórico aos domingos e deu uma nova dinâmica para a cidade, promovendo o reavivamento dessa área, tanto para o lazer como para o encontro de amigos e familiares. "O evento agrega cultura e produção agrícola com geração de emprego e renda, beneficiando diversas cadeias produtivas", frisou.

A família da estudante Amanda Nunes, 21 anos, resolveu aproveitar o espaço para fazer um piquenique familiar no gramado da praça, deliciando-se com as guloseimas gastronômicas ofertadas nas dezenas barracas da feira. Nem mesmo o cão da família ficou fora do passeio. "A Feirinha foi uma excelente ideia, porque além de reunir em um mesmo espaço diversas atividades, é aberto e voltado a pessoas de todas as classes sociais indistintamente, promovendo esse grande encontro popular", disse Amanda.

Da mesma forma, a professora aposentada Silvana Cintra compareceu à Feirinha com a família toda. "Gostei de tudo o que vi. É um espaço democrático que agrega produtor e consumidor. Além de estimular o produtor local, oferece produtos genuínos e de grande qualidade", disse a professora.

A Feirinha também é visitada por autoridades de todos os setores da administração pública municipal e estadual e por políticos da região. Neste domingo, estiveram presentes os deputados federais Weverton Rocha e Juscelino Filho, entre outras autoridades públicas locais.

 

 


ATRAÇÕES


Com uma proposta diferenciada, a Feirinha São Luís acontece aos domingos desde junho, sempre de 7h às 15h na Praça Benedito Leite, com um público cada vez maior, o ponto de encontro de amigos e familiares é bem policiado, e tem movimentado também o turismo na capital.

A comercialização dos produtos da agricultura famíliar é o foco do projeto, mas não é o único atrativo para quem visita o espaço. As apresentações culturais também estão presentes em todas as edições da Feirinha. Nesta 7ª edição, agitaram o público a já tradicional Banda da Feirinha, a Banda do 24º BIL. Às 10h subiu ao palco o projeto Café com Vinil, trazendo o melhor da bossa nova, com Dj Juan Rodrigues, na sequência, foi a vez do Boi brilho da Ilha. Passaram ainda pela feirinha o Cacuriá da Vila Goreth, Quadrilha Flor da Amizade e encerrou a programação o forró pé de serra da Kambada do Forró.

As 25 barracas de comidas são um dos pontos mais movimentados do projeto, que além dos tradicionais beijus recheados, pasteis com caldo de cana, juçara com camarão, tortas salgadas, bolos, caldos, geleias, biscoitos e tudo que o paladar desejar, tem ainda o espaço dos food trucks, que à cada edição vem somando ao espaço, com pamonha, hambúrguer, bebidas artesanais, pizzas, wraps, açaí e outras delícias que valem à pena conferir.

Participam da Feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia.

A iniciativa tem apoio do Governo do Estado, e reúne órgãos municipais, Banco do Nordeste, Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Citelum e Associação Comercial do Maranhão (ACM). Apoiam ainda o evento, o Senac, a Academia Maranhense de Letras e a Arquidiocese de São Luís.

 

Acesse aqui galeria de imagens desta reportagem