agencia

Notícias

Atualizado em 28/07/2017 às 18h22

Crianças curtem férias escolares com atividades lúdicas na Galeria Trapiche

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Crianças curtem férias escolares com atividades lúdicas na Galeria Trapiche

Uma semana inteira de atividades socioeducativas dentro de uma galeria de arte. Foram assim as férias escolares das crianças e adolescentes inscritos na Colônia de Artes encerra da na última sexta-feira (28) na Galeria Trapiche Santo Ângelo, equipamento cultura da Prefeitura de São Luís.A programação incluiu oficinas de desenho, pintura, escultura, culinária e fotografia, brincadeiras de roda, corrida do saco, confecção de máscaras e pipas, entre outros.O evento foi realizado pelo Centro de Criações Artísticas (Criart).

A Colônia foi direcionada para a faixa etária de 7 a 13 anos e contou com a direção da artista plástica Patrícia Menezes e outros arte-educadores.  "A proposta é trabalhar a coordenação motora, aspectos cognitivos e socialização. Além de estarem interagindo, elas estão aprendendo a fazer peças artesanais que podem levar para casa", destacou Patrícia Menezes.

A Colônia de Férias é realizada nos meses de janeiro, julho e dezembro e acontece há mais de 10 anos na sede do Criart, na Av Castelo Branco, 600, loja 3, bairro São Francisco. Recentemente, começou a ser feita na Galeria Trapiche. A Criart atende crianças a partir de 3 anos até idosos com cursos de desenho artístico, mangá, história em quadrinho, pintura em tela e tecido, corte e costura adulto e infantil (técnicas de modelagem, bolsas artesanais), curso de violão para crianças e artesanato.

O motoqueiro fantasma foi o tema da escultura de argila que Samuel Sales Resende, de 9 anos, fez em uma das oficinas. "Aprendi a fazer coisas como máscaras e esculturas com moldes de balão e vestidos usados. Na minha escola não faço muita arte, aqui estou relembrando", explica.

A prima do Samuel, Isabelle Sales Neto, de 10 anos, veio acompanhá-lo e diz que é a primeira vez que participa. Ela acrescenta que é divertido aprender coisas de artesanato e conhecer novas pessoas. "Eu fiz o personagem Dart Vader de argila. Sempre via familiares meus fazendo, sempre quis fazer, mas era muito complicado. Mas como aqui tem profissionais, ficou muito mais fácil aprender", conta.

                   Acesse aqui galeria de imagens desta reportagem