agencia

Notícias

Atualizado em 03/08/2017 às 17h13

Prefeitura instala novo sistema de fiscalização eletrônica na cidade

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), inicia nesta sexta-feira (4), a implantação dos fotossensores que permitirão realizar a fiscalização eletrônica do trânsito da cidade. A retomada do sistema será realizada por nova empresa contratada pela Prefeitura, após licitação. Com a fiscalização, o executivo municipal imprime maior segurança no trânsito, de maneira geral, evidenciando as melhorias proporcionadas pelas intervenções no sistema viário da cidade.

As equipes técnicas da SMTT instalam o posteamento e trabalham em pontos estratégicos da cidade que registram maior índice de acidentes e exigem sinalização mais rigorosa durante 24 horas. Em alguns pontos, o serviço será logo concluindo. No cruzamento semafórico da Avenida Daniel de La Touche com a Avenida Mario Andreazza, no Cohajap; em frente ao Colégio Adventista, na Cohama, os fotossensores estão em processo de instalação. "Após a instalação de todos os fotossensores, será acionado o Inmetro para fazer aferição das máquinas", disse o secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros.

Em seguida, durante o período de 30 dias, os equipamentos passarão por uma fase de testes. Somente após ampla divulgação junto aos condutores de veículos e transeuntes é que se iniciará a fiscalização efetivamente, com aplicação de multas a infratores. "Antes de colocar os equipamentos, a SMTT realizou um estudo preliminar para identificar os prontos de maior incidência de infração", afirma Canindé Barros.

Neste primeiro momento serão instalados 32 equipamentos pela empresa especializada contratada pela SMTT para execução dos serviços. A empresa responderá pela manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos.

A partir da instalação dos equipamentos será possível a SMTT emir notificações da autuação de infração e notificação aos condutores que ultrapassarem em velocidade superior à permitida no trecho. A empresa contratada fica responsável pela contagem volumétrica, com dados estatísticos e registro do inventário referente ao controle das desobediências às regras e trânsito.

O secretário Canindé Barros informa ainda que o controle operacional que a SMTT instala nas principais vias da cidade passará a ser monitorado por uma central no modelo já utilizado para o sistema de transporte público. A Central de Monitoramento vai utilizar imagens de 32 câmeras instaladas em pontos de grande fluxo de trânsito na cidade.

Barros adiantou ainda que a secretaria passará a fiscalizar as faixas preferenciais de ônibus, demarcadas nas avenidas Castelo Branco e Colares Moreira, entre São Francisco e Renascença II. Numa segunda etapa, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte, vai expandir o sistema de fiscalização eletrônica para outras avenidas como Guajajaras, dos Franceses e Africanos.