agencia

Notícias

Atualizado em 04/08/2017 às 18h30

Marcação de consultas por telefone agiliza atendimento no Hospital da Mulher

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Marcação de consultas por telefone agiliza atendimento no Hospital da MulherTrês mil é a média de atendimentos realizados por meio da plataforma de marcação de consultas implantada pela Prefeitura de São Luís no Hospital da Mulher, no Anjo da Guarda. Completando um mês de informatização, a Central de Chamadas (call center) permite o agendamento das diversas especialidades, via telefone. Com isso, quem procura o serviço ganha tempo e tem sua demanda atendida de forma mais breve.

"A implantação deste sistema integra o planejamento da Prefeitura de São Luís para dinamizar e melhorar os serviços prestados à população na área de saúde. A plataforma será aperfeiçoada para garantir ainda mais brevidade na marcação. Isso mostra o compromisso e respeito da gestão do prefeito Edivaldo com a saúde dos ludovicenses e com a prestação de um serviço de mais qualidade", enfatizou o secretário municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho.

Uma das principais vantagens do sistema foi findar as filas de pessoas no aguardo das senhas para consulta, aponta a diretora geral da unidade, Natalia Mandarino. "Ficou mais cômodo e ágil a forma de marcação, pois as pessoas não precisam mais sair de suas casas, basta ligar e ter sua data agendada. A espera é mínima e quando vêm à unidade a pessoa já sabe que será atendida", explica. A central se consolida como mais um importante serviço oferecido pela unidade de saúde implantado na gestão do prefeito Edivaldo, pontua a diretora geral.

Para o paciente, a plataforma qualificou bastante o atendimento de marcação. É o que avalia a professora Rosária Silva, 56 anos. Moradora do bairro, ela diz que utiliza com regularidade os serviços do hospital e aprovou o sistema de marcação. "A gente consegue marcar a especialidade e até que o tempo de espera é pouco. Eu liguei há uma semana e já estou para consultar. A gente espera que melhore ainda mais", diz ela, que aguardava para consultar com ginecologista.

A técnica de enfermagem, Adriana Sousa, 37 anos, avalia que o sistema facilita bastante a marcação. "Pelo menos a gente não precisa mais ficar na fila esperando e agora, a gente liga, marca e sabe que vai ser atendido", enfatiza. Mais agilidade e sem perda tempo são as vantagens apontadas pela estudante Mariana Ferreira, 23 anos. "Eu gostei porque de onde a gente tiver pode ligar e marcar. Você já fica sabendo o dia, o horário e é só vir consultar. Muito bom, porque a gente não tem mais que passar horas em fila", disse a jovem.

AGENDAMENTO

O funcionamento do call center do Hospital da Mulher é realizado pelo Sistema de Regulação do Ministério da Sáude (Sisreg). A agilidade se dá pelo fato das consultas serem solicitadas diariamente e não apenas uma vez por mês, como era antes da informatização do serviço. São seis atendentes em cada turno – manhã e tarde – agendado consultas ambulatoriais. Entre as especialidades que podem ser marcadas está ginecologia clínica, mastologia, endocrinologia, urologia, proctologia e cardiologia.

O serviço será aprimorado com a implantação do atendimento eletrônico, antecedendo o atendente de fato. Dessa forma, ao acionar o sistema, mesmo que não haja atendente disponível, a pessoa será direcionada para um canal de mensagem com gravação de aguardo de espera e delimitação de tempo. "Uma voz mecânica vai avisar a pessoa que em poucos minutos ela será atendida e vai direcionar diretamente ao atendimento com os profissionais. Não haverá mais sinal de ocupado nos telefones", pontuou a diretora geral, Natalia Mandarino.

A gestora explica que a medida busca cada vez mais melhorar o relacionamento com o cliente a partir da adoção de ferramentas capazes de direcionar o atendimento para um operador. "Para isso, a Prefeitura realiza cada vez mais investimentos em tecnologia. Considerando o mundo cada vez mais tecnológico que vivemos, as pessoas procuram mais opções de atendimento diferenciado conforme sua necessidade. Nesse sentido, o Hospital da Mulher está à frente", conclui a diretora geral.

ESTRUTURA

Além do atendimento especializado ao público feminino, no Hospital da Mulher funciona o Centro de Referência de Assistência em Alta Complexidade na especialidade de Neurocirurgia. O serviço que passou a ser ofertado na unidade após a reestruturação geral promovida na gestão do prefeito Edivaldo, que melhorou a estrutura física e na implantação de novas especialidades.

O hospital teve ampliado o número de leitos de internação de 24 para 50. Houve ainda a implantação de 10 leitos de UTI e de serviços de diagnóstico por imagem, como tomografia computadorizada, Raio X e ultrassom. Eletroneuromiografia, biópsias, punção de mama e de tireóide, retirada de nódulos benignos também estão na lista de serviços oferecidos às pacientes da unidade.

SERVIÇO
Para agendar: 3228-4713 / 3228-4699 / 3228-4281 - de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem