agencia

Notícias

Atualizado em 18/08/2017 às 17h43

Prefeitura de São Luís participa de palestra sobre Reforma Tributária

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís participa de palestra sobre Reforma TributáriaSimplificar a estrutura do sistema tributário brasileiro é um dos objetivos principais da Reforma Tributária que está em trâmite no Congresso Nacional. Neste sentido, São Luís recebeu, nesta quinta-feira (17), parlamentar e relator da comissão especial do projeto na Câmara dos Deputados, Luiz Carlos Hauly que, durante palestra sobre o tema, abordou assuntos como benefícios da proposta, situação fiscal do país, crise econômica, sistema tributário, justiça fiscal, entre outros.

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Fazenda, participou das discussões que prevê uma reengenharia tributária nacional. Segundo o titular da pasta, Delcio Rodrigues, as discussões são de suma importância para a capital maranhense. "É importante mantermos discussões como esta, que prevê mudanças no setor tributário, de suma importância para a administração fazendária", sinalizou o secretário.

Durante a palestra, o Deputado Luiz Carlos Haluy fez um histórico sobre a proposta e destacou as mudanças benéficas para a classe empresarial do país com a aprovação. "Estou viajando todo o país disseminando a proposta que é uma das maiores em tramitação no Congresso. Com a aprovação, conseguiremos melhorar diversos pontos da economia brasileira, aumentaremos a arrecadação, diminuiremos taxas e impostos", pontuou o parlamentar.

Para o Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez das Neves, a aprovação da proposta irá simplificar a maneira de arrecadar. "A palestra do deputado é muito rica e oportuna para entendermos o que está sendo proposto no congresso. Ela abre o caminho para a mudança no sistema tributário do país", assinalou.

A proposta do Deputado, prevê que seja criado o Imposto Sobre Valor Agregado (IVA), que englobaria vários tributos, dentre eles, o PIS, Pasep, Cofins, IPI, ICMS estadual e ISS municipal, além da contribuição previdenciária e seria administrado por uma secretaria da Receita Federal, composta por técnicos da União, estados e municípios.

Integraram a mesa de abertura do evento, os secretários municipais da Fazenda, Delcio Rodrigues e de Planejamento, José Cursino Raposo Moreira; o presidente da Fiema, Edilson Baldez das Neves; os deputados federais, Luiz Carlos Hauly, Hildo Rocha e Pedro Fernandes; o secretário estadual da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves; o secretário estadual de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo; e o vereador, Gutemberg Araújo. 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem