agencia

Notícias

Atualizado em 19/09/2017 às 17h20

Projeto Literatura Mútua promove roda de conversa em equipamentos culturais da Prefeitura

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A Galeria Trapiche Santo Ângelo, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís, recebe o Projeto Literatura Mútua nesta quarta-feira (20), às 19h30, em uma roda de conversa com a participação do escritor maranhense Frederick Brandão. Na sexta-feira (22), às 15h, o escritor realiza o evento na Biblioteca Municipal José Sarney, localizada na Rua do Correio s/n, Bairro de Fátima. A entrada é gratuita e a mediação é da jornalista Talita Guimarães.

O Literatura Mútua, segundo destacou a diretora da Galeria Trapiche, Camila Grimaldi, exerce um papel de valorizar os talentos locais e construir um espaço de discussão. "O projeto já faz parte do calendário mensal da Galeria Trapiche, se tornando permanente. É um ambiente onde público e escritores podem partilhar experiências, inspirações e histórias de escrita e leitura", frisou a diretora.

Frederick Brandão, escritor convidado desta edição, é cientista social graduado pela Universidade Federal do Maranhão em 2006 e natural de Codó (MA). Foi assistente de direção do cineasta basco Iban Ayesta no interior do Maranhão, para a produção do longa-metragem "Pedra, peixe, rio", que resultou ainda no romance "O Encontro do Adeus". Atualmente, trabalha como pesquisador e com a edição de autores maranhenses antigos.

SOBRE O PROJETO 

Iniciado em agosto de 2016, o Literatura Mútua é um projeto literário sem fins lucrativos, idealizado pela escritora e jornalista maranhense Talita Guimarães, que visa reunir escritores contemporâneos publicados ou não, em rodas de conversa sobre experiências de leitura e escrita. Atualmente, o projeto tem edições mensais na Galeria Trapiche (Praia Grande, em frente ao Terminal de Integração), na Biblioteca Municipal José Sarney (Rua do Correio, s/n – Bairro de Fátima) e na Livraria e Espaço Cultural da Associação Maranhense de Escritores Independentes – Amei (São Luís Shopping - Av. Carlos Cunha, Jaracati).

"A ideia é promover encontros em que autores comentem como a leitura atravessa suas percepções humanas e influencia em seus trabalhos. Assim, eles compartilham quais livros foram marcantes em suas trajetórias, leem seus trechos preferidos, trocam indicações de leitura com o público e incentivam o hábito de ler. Além, é claro, de falarem sobre seus trabalhos como criadores", explica a mediadora Talita Guimarães.

Em 2016 participarm do projeto os escritores Felipe Castro (MA), Sabryna Mendes (MA), Jônatas (MA), Júlia Emília (MA), Thalita Rebouças (RJ), Ferréz (SP), Duda Veloso (MA), Igor Nascimento (MA), Gustavo Lacombe (RJ), Zema Ribeiro (MA) e Manu Marques Barbosa (MA). Em 2017 passaram pelo projeto Laísa Couto (MA), Elizeu Cardoso (MA), Aurora da Graça (MA), Dyl Pires (MA), Thayná Rosa (MA), Beto Scanssette (DF), Déa Alhadeff (MA), Jaqueline Morais (MA), Lúcia Santos (MA), Fernando Abreu (MA), Jorgeana Braga (MA), Frederick Brandão (MA), Sharlene Serra (MA), Rose Panet (PB) e Júnior Lobo (MA).