agencia

Notícias

Atualizado em 23/09/2017 às 11h59

IV Festival Internacional de Folclore e Turismo é aberto na Praça Maria Aragão

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

IV Festival Internacional de Folclore e Turismo é aberto na Praça Maria AragãoDiferentes ritmos, cores e manifestações culturais abrilhantaram a Praça Maria Aragão na abertura do IV Festival Internacional de Folclore e Turismo, nesta sexta-feira (22). São Luís sedia pela quarta vez o evento e neste ano recebe as delegações internacionais de Cuba, Polônia, Estados Unidos, Paraguai e Colômbia e as delegações nacionais dos estados do Pará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Rio de Janeiro e Maranhão, além da presença de 15 representantes da Unesco. O Festival acontece até o dia 30 de setembro e percorrerá bairros de São Luís e São José de Ribamar.

O secretário municipal de cultura, Marlon Botão, falou sobre a parceria da Prefeitura de São Luís em prol da cultura local. "O Festival este ano cresceu e está mais fortalecido, com a participação de mais grupos e maior presença da população. Para nós é gratificante ver São Luís como um berço do folclore mundial e esperamos que esta parceria se consolide ainda mais para a realização do Festival nos próximos anos".

A Prefeitura de São Luís é parceira do evento, realizado pela Comissão Nacional de Folclore e Comissão Municipal de Folclore e Brilho da Ilha Produções, World Association of Performing Arts (WAPA) e Council Internacional Dance (CID), órgãos ligados à Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) presentes em mais de 122 países, que se destacam na realização de festivais e encontros Internacionais de Folclore do mundo. Também conta com a parceria das secretarias de Estado de Esporte e Lazer e de Desenvolvimento Social, e apoio do Shopping da Ilha, Livraria Amei e Valparaíso Acqua Park.

ATRAÇÕES

O grupo Lamparina fez a abertura do Festival entoando o Hino Nacional Brasileiro, seguido do Hino de Louvação a São Luís. Os maranhenses mostraram um pouco da cultura local com toadas de bumba boi. Todas as delegações presentes foram chamadas ao palco para execução do hino de cada localidade. Logo após, o príncipe africano Zolani Mkiva saudou a todos e declarou oficialmente aberto o IV Festival Internacional de Folclore e Turismo.

"Trago muito amor direto da África à todos os brasileiros. Fico feliz em viajar de tão longe, cruzar o atlântico para estar neste Festival e apreciar o trabalho desenvolvido por todos que trabalham com cultura, pelo povo e para manter suas tradições", disse. Na oportunidade, o membro da família real entregou à Cláudio Sampaio, presidente da Comissão Municipal de Folclore, o Prêmio Humanitário de Mkiva, por defender o desenvolvimento da liderança artística na indústria cultural globalmente.

Cláudio Sampaio se emocionou com o reconhecimento recebido. Segundo ele, apenas sete pessoas no mundo possuem o título, incluindo Nelson Mandela. O presidente da Comissão Municipal de Folclore também explicou a motivação para realização do Festival. "O nosso objetivo foi trazer os grandes eventos folclóricos do mundo para se apresentarem em um Festival, inserindo São Luís como uma cidade conhecida mundialmente pelo seu folclore. Muita gente não tem oportunidade de ir conhecer a cultura de outros estados ou países, por isso reunimos, em um evento gratuito, tudo o que há de melhor do folclore no mundo", ressaltou Cláudio Sampaio.

Glória Portílio veio com a família prestigiar o evento. Duas de suas filhas são bailarinas da delegação do Paraguai, que participa pela segunda vez do Festival. "É a primeira vez que venho para conhecer a cidade e outras culturas. No ano passado, a delegação voltou encantada e falaram que São Luís é a cidade mais linda do mundo, então tive que vir conferir de perto essa beleza".

O Festival encerra no dia 30 com o Baile das Nações, na Casa de Arte Barrica, com a participação do Bicho Terra e o Boi Brilho da Ilha. Ao longo dos dias de evento, a programação inclui apresentações artísticas, seminários e palestras entre os grupos, promovendo o intercâmbio artístico e cultural entre os povos.

HISTÓRICO

Em 2014, São Luís recebeu pela primeira vez na Praça Maria Aragão 150 artistas entre as delegações internacionais e nacionais da Argentina, Colômbia e Estônia, Pará e Ceará. Participaram ainda do Festival mais de 25 grupos da cultura local, entre eles os mais importantes grupos de bumba boi do Maranhão.

No ano de 2015, as delegações internacionais do México, Estados Unidos, África do Sul, Itália e Peru e as delegações nacionais do Pará e Ceará, contribuíram para que São Luís fosse definitivamente incluída pela Unesco no roteiro dos grandes eventos internacionais de folclore no mundo.

Em 2016, 17 representantes de vários continentes estiveram em São Luís, para avaliar o Festival e estudar a possibilidade da extensão do evento à outras cidades do Maranhão, a exemplo de São José de Ribamar, que vai receber uma apresentação nesta edição de 2017.

GRUPOS CULTURAIS

Cuba - Compañia de Danzas Folkloricas Cubanas Somos
Colômbia - Ballet Folklorico Bochica
Estados Unidos - Xocoyote
Polônia - Folkloricas Dance Lany de Pozinan
Paraguai - Puente kijha Jeroki
Ceará - CIA Txai de Danças Populares
Pará - Bfam - Ballet Folclórico da Amazônia
Paraíba - Pisada do Sertão
Rio Grande Do Norte - Bois de Reis Sete Estrelas
Rio de Janeiro - Grupo Fera Show

PROGRAMACÃO

SÁBADO (23/09)

19h - Apresentação no Espigão Costeiro de São José de Ribamar (Grupos: Paraguai, Estados Unidos, Rio de Janeiro, Pará, Colômbia e Maranhão)
20h30 - Apresentações das delegações, na Praça Maria Aragão

DOMINGO (24/09)
10h - Missa das Nações na Igreja Rosário dos Pretos, na Rua do Egito
11h30 - Apresentação dos Grupos na Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite

SEGUNDA-FEIRA (25/09)
Workshop e Noite Cultural
Chegada da delegação WAPA /CID-UNESCO. Palestrantes, autoridades e convidados especiais.

TERÇA-FEIRA (26/09)
9h às 11h - Atividades em Escolas Públicas
14h - Reunião membros da WAPA – Brasil / Livre para Ensaios dos Grupos
19h - Apresentação no Shopping da Ilha

QUARTA-FEIRA (27/09)
9h às 11h - Atividades em Escolas Públicas / Reunião membros da WAPA – Brasil
13h às 16h30 - Seminário Estadual "Cultura, Educação e Turismo: Desafios para o Século XXI", promovido pela Wapa Brasil e CID-Unesco, na Livraria Amei, no São Luís Shopping (Apresentação: Músicos do Grupo Pisada do Sertão – PB)
19h - Apresentação no Shopping da Ilha

QUINTA-FEIRA (28/09)
13h às 16h30 - Seminário Estadual "Cultura, Educação e Turismo: Desafios para o Século XXI", promovido pela Wapa Brasil e CID-Unesco, na Livraria Amei, no São Luís Shopping
17h - Encontro e confraternização dos Escritores Maranhenses Independentes
19h - Apresentação no Shopping da Ilha

SEXTA-FEIRA (29/09)
10h às 16h - Dia de Lazer, no Valparaíso Acqua Park
20h30 - Confraternização com apresentação musical

SÁBADO (30/09)
10h - Oficina de capoeira Mestre Daniel
20h – Encerramento com Baile das Nações, com a participação do Bicho Terra e o Boi Brilho da Ilha, na Casa de Arte Barrica

A programação também inclui visita ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, atividades culturais entre os grupos, passeio pelas praias e pontos turísticos de São Luís, oficina de Capoeira e Maculêlê (Mestre Daniel do Ceará), oficina de turbantes e interação com grupos folclóricos locais, como tambores de crioula e cacuriá.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem