agencia

Notícias

Atualizado em 02/10/2017 às 16h30

Sorteados no programa "Minha Casa, Minha Vida" têm até sexta-feira (06) para atualização cadastral

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Convocação dos sorteados do Programa Minha Casa Minha Vida para atualização de documentos (Clique aqui)

Sorteados no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida executado pela Prefeitura de São Luís estão sendo convocados para realizar atualização cadastral. São mais de 1,3 mil pessoas inscritas e contempladas com imóveis dos residenciais Eco Tajaçoaba, no bairro Santa Bárbara e Morada do Sol, na Vila Maranhão. Para realizar a atualização os sorteados devem comparecer à Central de Atendimento do Programa Minha Casa Minha Vida, localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, nº 59 – Bairro São Francisco, até esta sexta-feira (6), das 8h às 17h.

"Essa é a oportunidade para que os contemplados possam regularizar suas pendências e garantir o recebimento dos imóveis. Esse chamamento é importante para que possamos seguir com o andamento do processo e entregar os imóveis a quem foi devidamente contemplado", destacou o secretário municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), Mádison Leonardo Andrade.

A lista completa dos convocados com pendências na documentação está disponível no Portal da Prefeitura, no site www.saoluis.ma.gov.br, na aba 'Editais'. Os convocados que não comparecerem para a regularização podem perder o imóvel, informa a secretaria. O procedimento é uma exigência do Governo Federal.

DOCUMENTOS

O convocado deve apresentar os seguintes documentos: RG, CPF, Certidão de nascimento e casamento (em caso de casamento também são necessários os documentos do conjugue), comprovante de endereço, carteira de trabalho e laudo médico para pessoas com deficiência.

Os imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida são destinadas a pessoas de baixa renda, que não tenham residência própria. Cada empreendimento habitacional de São Luís reserva ainda cerca de 3% a 5% das moradias para pessoas residentes em áreas de risco, desabrigadas ou que sejam beneficiárias do Aluguel Social.