agencia

Notícias

Sexta-feira, 01/11/2013 - 10h35

Prefeitura determina melhorias no cemitério da Santa Bárbara

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Durante esta quinta-feira (1º), representantes da Secretaria de Urbanismo e Habitação (Semurh) e líderes comunitários se reuniram no cemitério do bairro da Santa Bárbara. O objetivo do encontro foi averiguar a estrutura do cemitério, atualmente gerido por empresa concessionária, e manter a aproximação entre o poder público e os habitantes da região, que, recentemente, se mostraram insatisfeitos com os serviços oferecidos.Representantes da Secretaria de Urbanismo e Habitação e líderes comunitários se reuniram para discutir situação do cemitério da Santa Bárbara

"A comunidade procurou a Secretaria para saber a respeito de como funcionava a administração (do cemitério). Nos reunimos ontem (31) com a empresa, com a comunidade, e estamos apurando uma série de denúncias. Com isso, nós iremos abrir um processo administrativo", explicou o superintendente de Terras e Habitação da Semurh, Anderson Lindoso. Segundo ele, com as reclamações, a empresa concessionária decidiu afastar o administrador atual.

As principais reclamações foram a respeito da cobrança de taxas e valores acima do que eles consideram ser o justo para o sepultamento das pessoas. "Nós apresentamos a eles os valores atuais, fixados por lei e que não podem ser modificados", completou Anderson Lindoso. O próximo gestor do local deve ser indicado pelos próprios moradores da região, o qual receberá treinamento específico para exercer a função.

"Nós viemos aqui in loco fazer o levantamento de constatação das irregularidades. Vamos fazer nosso relatório, encaminhar à Suthab [Superintendência de Terras e Habitação], à empresa, para que possa tomar as medidas cabíveis", comentou o presidente do Comrural, Ledilson Leitão Silva. De acordo com o conselho representante da população, os valores cobrados para a manutenção da área — como poda, limpeza, capina e segurança — são abusivos e os serviços de baixa qualidade. Os moradores devem registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil.

A partir de agora, o telefone de contato da Blitz Urbana (0800 0028 234) servirá também como ouvidoria para reclamações e sugestões que envolvam serviços prestados em cemitérios públicos. Quando ocorrerem denúncias, estas serão formalizadas e encaminhadas à empresa responsável. Este processo será regulamentado posteriormente, por meio de portaria municipal.

Participaram ainda da visita membros do Conselho Municipal das Associações e União de Moradores da Zona Rural de São Luís (Comrural), o vereador e presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, professor Lisboa (PCdoB), além de moradores da área e de funcionários da Empreendimentos São Marcos, empresa responsável pela administração do local.

Terreno público pode ser cedido em prol da segurança

De acordo com a Semurh, será, também, verificada a possibilidade de cessão de um terreno municipal na Santa Bárbara, com intuito de ser instalado um posto da Polícia Militar. Autoridades da PM foram procuradas pela comunidade, que levou reclamações sobre os altos índices de criminalidade na área. Com a cessão do terreno municipal, deve ser viabilizada a instalação de um posto na região.