agencia

Notícias

Atualizado em 06/10/2017 às 15h48

Cine Teatro da Cidade recebe projeto Ritmos da Vida, parceria entre Prefeitura e Governo do Estado

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Cine Teatro da Cidade recebe 9ª edição do Projeto Ritmos da VidaPacientes de saúde mental e detentos do sistema prisional realizam na próxima quarta-feira (11), às 14h, a 9ª edição do projeto Ritmos da Vida, parceria entre a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado. O projeto consiste em apresentações artísticas que ocorrerão no Cine Teatro da Cidade - Rua do Egito, nº 244 – Centro - equipamento cultural da Prefeitura de São Luís.

A ação visa um tratamento humanizado aos pacientes atendidos pelo Hospital Nina Rodrigues e pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS Álcool e Drogas - AD e CAPS III), além de detentos do Sistema Prisional do Maranhão e das Unidades de Acolhimento Estadual (UAE) e Residências Terapêuticas da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

O diretor do Cine Teatro, André Lobão, destaca que o projeto é uma forma de promover a inclusão. "Estas pessoas, que vivem conflitos sociais, podem descobrir através da arte uma oportunidade de mudar de vida e dar novo significado para ela. O projeto é uma troca afetiva que desde 2015 leva ao palco o que eles produzem dentro do espaço terapêutico, com os pacientes sendo plateia e protagonistas do espetáculo", pontua Lobão.

O diretor do Hospital Nina Rodrigues, Ruy Cruz, explica que o Ritmos da Vida é uma forma de ofertar cultura e promover a cidadania. "Trazemos para serem apresentados os trabalhos desenvolvidos no Sistema de Saúde e com isso, nós notamos a mudança nos pacientes, primeiro quando eles começam a se preparar para participar e vemos como se sentem valorizados ao receberem certificados dos cursos concluídos por eles", destacou.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) alertam que 10% da população global têm algum distúrbio mental. Os Centros de Atenção Psicossocial têm a função de fornecer atendimento próximo à família do paciente, assistência médica e cuidado terapêutico, conforme o seu quadro de saúde, com possibilidade de afastamento do seu ambiente familiar quando necessário, mas de forma temporária.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem