agencia

Notícias

Atualizado em 06/10/2017 às 14h38

Prefeitura de São Luís entrega óculos de grau a estudantes da rede municipal

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís entrega óculos de grau a estudantes da rede municipalA Prefeitura de São Luís fez, nesta sexta-feira (6), a entrega de 192 óculos de grau para estudantes das Unidades de Educação Básica (U.E.B.) Darcy Ribeiro, Amaral Raposo e Santa Clara. A solenidade aconteceu no auditório do Convento das Mercês, no Centro Histórico de São Luís, com a presença dos secretários municipais Moacir Feitosa (Educação) e Lula Fylho (Saúde).

O secretário Moacir Feitosa destaca que a melhoria da qualidade da educação passa, necessariamente, por ações que garantam saúde, bem-estar e qualidade de vida para os estudantes. "A partir da correção de problemas de visão, os alunos terão, com certeza, maiores condições de estudo. Este projeto corrobora as ações da Prefeitura na gestão do prefeito Edivaldo, em garantir atenção integral para os estudantes da rede municipal", frisou o titular da Semed.

"Temos, nesta ação, um grande exemplo de trabalho integrado da Prefeitura com duas secretarias se complementando na oferta de serviços para que as crianças tenham uma melhor saúde e qualidade de vida na escola, melhorando o seu aprendizado. É uma forma de promover inclusão", disse o secretário de Saúde, Lula Fylho.

A assistência oftalmológica aos estudantes é realizada por meio do projeto Consultórios Itinerantes, do Programa Saúde na Escola (PSE), de iniciativa do Governo Federal e desenvolvido em parceria com estados e municípios. Em São Luís, o PSE é desenvolvido a partir de uma articulação entre as secretarias municipais Saúde (Semus), de Educação (Semed), e o Hospital Universitário Presidente Dutra. E, para a confecção dos óculos, a Prefeitura conta com a parceria da empresa óticas Diniz.

A coordenadora do PSE em São Luís pela Semed, Juliana Ribeiro, conta que todos os estudantes das unidades Darcy Ribeiro, Amaral Raposo e Santa Clara passaram pelo atendimento oftalmológico para identificar possíveis problemas de visão. Nos casos em que foi constatada a necessidade de óculos, ela diz que os alunos também puderam escolher um modelo de armação e a cor dos seus óculos. "O PSE está presente hoje em 100 escolas municipais da zona urbana e rural de São Luís, tanto da Educação Infantil quanto do Ensino Fundamental, atendendo aos estudantes de forma gratuita, como forma de valorizar e desenvolver o aprendizado", ressaltou.

MUDANÇA

Ana Paula Santos de Souza, 12 anos, do 5º ano da U.E.B. Santa Clara, diz que sentia muita dor de cabeça e dificuldade de ler no quadro em sala de aula. "Os meus pais não tinham condições de pagar uma consulta e comprar óculos de grau pra mim; então eu não ficava reclamando. Estou muito feliz de receber hoje meus óculos. Sei que eles vão me ajudar e com certeza as dores de cabeça vão embora", comentou Ana Paula.

Quem também sentia muita dor de cabeça quando forçava a vista para estudar era a irmã de Ana Paula, Vitória Santos de Sousa, de 16 anos, do 8º ano também na U.E.B. Santa Clara. "Além de sentir dor de cabeça, a minha vista também ficava toda embaraçada. Às vezes, eu não conseguia ler no quadro mesmo sentando nas primeiras fileiras. Creio que agora não terei dificuldade", disse Vitória. A mãe das estudantes, Iara de Jesus dos Santos, diz que o projeto chegou numa excelente hora. "Não temos muitas condições para consultar e comprar óculos pras duas, pois ficaria muito caro. Parabenizo e agradeço pela iniciativa".

O professor Jadilson Costa Gomes, gestor da U.E.B. Santa Clara, diz que o projeto Consultórios Itinerantes é de extrema importância para o fortalecimento do aprendizado, pois cuida de uma parte essencial da saúde dos estudantes: a visão. "A quase totalidade dos estudantes é de crianças e adolescentes de famílias carentes e que não têm facilidade no acesso a consultas e exames. E os problemas de visão podem comprometer significativamente o rendimento escolar. O poder público está de parabéns por esse trabalho de tão grande alcance", assinalou Jadilson.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem