agencia

Notícias

Atualizado em 27/10/2017 às 18h47

Para estimular emprego e renda, Prefeitura certifica participantes de curso de panificação

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Para estimular emprego e renda, Prefeitura certifica participantes de curso de panificação"Esse curso veio em boa hora. Eu estou desempregada e vou fazer os alimentos para vender. Vai ser uma renda a mais. Quem é mãe de família sabe o quanto este tipo de aprendizado é importante", enfatizou a dona de casa Carmem Regina Costa, 39 anos. Ela é uma dos 23 participantes do curso 'Panificação, Doces e Salgados', realizado pela Prefeitura de São Luís e que oportunizou a capacitação na produção destes alimentos a moradores do bairro Vila Passos. As aulas tiveram duração de uma semana e na tarde desta sexta-feira (27), foi o encerramento com entrega de certificados e confraternização.

O curso integra o cronograma de ações da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), sendo o principal objetivo capacitar para gerar trabalho e renda às famílias. "O prefeito Edivaldo sempre olhou com muita sensibilidade para esta demanda e determina que se alcance as populações que mais precisam, passando o conhecimento e dando a chance de se tornarem um pequeno empreendedor", enfatizou a titular da Semsa, Fatima Ribeiro.

Realizado em uma semana, o curso abrangeu a teoria com noções de manipulação, armazenamento e produção adequada dos alimentos, por meio do módulo Boas Práticas de Manipulação de Alimentos (BPMA). No decorrer da semana, os participantes aprenderem receitas de mais de 30 tipos de alimentos diferentes. Na lista, pães (caseiros, francês, integral), bolos (macaxeira, chocolate, milho, trigo, tapioca), doces (brigadeiro, beijinho, areinha), pizza (frango, presunto, queijo), biscoitos, salgados (quibe, torta salgada, coxinha) entre outros.

A engenheira de alimentos e técnica da Semsa, Fabiana Cantanhede, ministrou a capacitação e avaliou como bastante proveitosa. "Foi um curso onde todos que participaram colaboraram, trouxeram sugestões e se mostraram bastante interessados. Pelo que foi produzido, em tão pouco tempo, só posso parabenizar cada aluno e aluna. Muitas pessoas aqui tiveram esse primeiro contato com a produção de alimentos e se saíram muito bem. São capazes de se transformar em pequenos empreendedores", afirmou.

Para o operador de máquinas Marco Aurélio Silva, 48 anos, o curso vai ser aplicado na própria casa, com a produção de novos pratos para a esposa e filhos. "Tenho o hábito de cozinhar para minha família e aqui aprimorei o que eu sabia e aprendi coisas novas. O curso é de pouca duração, mas é muito bom, abrange muita coisa e a gente aprende mesmo. Estou muito surpreso comigo e gostei bastante do que aprendi aqui", disse.

A programação de cursos da Semsa vai oferecer ainda cerca de 30 capacitações, beneficiando aproximadamente mil pessoas, até o fim do ano. Os participantes ainda receberão uma cartilha contendo as receitas produzidas durante o curso.

GERAÇÃO DE RENDA

A Prefeitura de São Luís, por meio da Semsa, disponibiliza anualmente uma série de cursos na área alimentar, com foco no empreendedorismo. Entre as oportunidades estão Boas Práticas de Manipulação de Alimentos (BPMA), Educação Alimentar, Bombons Regionais, Salgados para Festas, Culinária Regional, Tortas Finas e outros.

As ações integram a política de geração de emprego da Prefeitura, com investimentos na qualificação profissional de jovens e adultos, aumentando a possibilidade da ocupação das vagas de trabalho e formação de empreendedores. Comunidades da zona rural também são contempladas com as capacitações.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem