agencia

Notícias

Atualizado em 08/11/2017 às 18h34

Prefeitura já imunizou mais de 60 mil cães e gatos em campanha de Vacinação Antirrábica

A vacinação domiciliar continua nesta sexta-feira (10) e sábado (11) em dezenas de bairros da capital

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Agentes da Semus vacinam animais em visitas domiciliaresA Prefeitura de São Luís já vacinou 64.012 cães e gatos de São Luís. A imunização domiciliar é realizada pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e integra as ações da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica Animal. Até o fim do ano, a meta é imunizar 160 mil animais. O objetivo da campanha é fortalecer o combate à raiva, através da única forma segura de prevenir a doença que é a vacinação. As visitas nas casas continuam nesta sexta-feira (10) e sábado (11).

Neste fim de semana, a ação contempla bairros como Chácara Brasil, Turu I, Jardim de Fátima, Cohab Anil I, II, III e IV , Cohatrac I, Planalto Anil I, II, III e IV, Jardim das Margaridas, Forquilha, Cruzeiro do Anil, Aurora, Parque Universitário, Isabel Cafeteira, Pirapora e conjunto Santos Dumont. As atividades acontecem também no conjunto Jaguarema, João de Deus, Residencial João Alberto, Residencial Edson Lobão, São Cristóvão, Parque Universitário, João de Deus, Cohapan, São Bernardo, Vila Brasil e Ipem São Cristóvão.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, enfatizou os avanços que a Prefeitura tem obtido com a campanha. "A estratégia de vacinação domiciliar é um acerto da gestão do prefeito Edivaldo porque facilita a vida dos proprietários de animais, e eles estão colaborando com os vacinadores. Por esse motivo, temos obtido uma alta cobertura vacinal. Esse comprometimento coletivo vai garantir que a raiva fique longe da nossa cidade e, assim, possamos manter a população protegida", disse o gestor.

 As visitas domiciliares para vacinação de cães e gatos acontecem sempre às sextas-feiras, das 13h às 17h; e aos sábados, das 7h às 13h. São vacinados aqueles que têm pelo menos três meses de idade, exceto os animais que estejam doentes e as fêmeas no último mês de gestação. Nesses, e em outros casos que impeçam a imunização domiciliar, como ausência dos moradores, os proprietários dos animais devem procurar na Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), localizada na Estrada de Ribamar, nº 5, Forquilha, para realizar a vacinação.

Os agentes vacinadores já estiveram em bairros como Sacavém, Coroadinho, Jordoa, Filipinho, Alemanha, Ipase, Parque Timbira, Jaracati, São Francisco, Ilhinha, Calhau, Ponta d'Areia e Ponta do Farol. A Prefeitura já concluiu a vacinação nos distritos Centro, Coroadinho, Bequimão e iniciou os trabalho no Distrito Cohab. Já foram imunizados 41.597 cães e 22.415 gatos.

IMUNIZAÇÃO

O objetivo da Prefeitura de São Luís com a vacinação domiciliar é facilitar o acesso à imunização e manter o controle epidemiológico com a oferta permanente da vacina. O coordenador da UVZ da Semus, João Batista Pires, explicou que o poder público municipal tem se esforçado para cumprir a meta estipulada. "Estamos contando com grande adesão da população à campanha. Todos têm compreendido que a imunização preserva a saúde não só do animal, como também de todos aqueles que o cercam", afirmou.

A raiva é uma doença causada por vírus e pode ser transmitida ao ser humano através do contato com a saliva de um animal infectado. No ser humano, a doença se caracteriza por uma encefalite (inflamação aguda do cérebro, geralmente causada por infecções) progressiva aguda e letal. A estratégia mais eficaz para evitar os casos de raiva é a vacinação dos animais.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem