agencia

Notícias

Sábado, 25/11/2017 - 10h43

Prefeitura de São Luís inicia curso de pós-graduação pela UAB em parceria com a Ufma

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Os cursos na modalidade Ensino a Distância são oferecidos pela parceria entre Prefeitura, UFMA, e UABIniciou nesta sexta-feira (24), com a aula inaugural, o curso de Pós graduação em Ensino à Distância em Saúde e Gestão Municipal, oferecido por meio do Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB), uma política executada pela Prefeitura de São Luís em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A aula aconteceu no auditório Central da UFMA, no campos do Bacanga e contou com a participação do secretário de Planejamento e Desenvolvimento de São Luís (Seplan), José Cursino Raposo, representou o prefeito Edivaldo; do reitor em exercício da Ufma, Fernando Carvalho Silva; do pró-reitor de Pesquisa, Alan Kardec Duailibe, e do diretor do Núcleo de EAD, Nélio Alves Guilhon.

Os cursos na modalidade Ensino a Distância são oferecidos pela parceria entre Prefeitura, por meio da Escola de Gestão Pública do Município (EGGEM), UFMA, e UAB, com objetivo é formar e qualificar os profissionais para o exercício de atividades gerenciais no setor público. O funcionamento dos cursos é provido pelo Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Segundo definições da parceria, a EGGEM está disponibilizando toda a estrutura para os encontros presenciais e laboratórios para que os alunos possam utilizar os equipamentos, bem como da biblioteca. Os encontros acontecem na sede da escola de governo no bairro do Renascença. Pela parceria, o município estabelece o número de vagas que é avaliado pela Capes diante da capacidade da instituição de ensino em absorver este contingente pela EAD. É a prefeitura que define as necessidades em termos de graduação e pós-graduação.

"Todas as vagas que temos pedidos, nos foram concedidas. O prefeito Edivaldo entende que esta é a base do sucesso deste tipo de programa. Essa é uma forma muito criativa de utilizar as estrutura já existente: de ensino da UFMA, de recursos financeiras do Ministério da Educação e a estrutura material da gestão municipal, que em última análise precisa destas pessoas qualificadas para prestarem o melhor serviço possível à sociedade", avaliou José Cursino.

Segundo a diretora da EGGEM, Maria Eugênia, os cursos contribuem com o aperfeiçoamento dos serviços públicos oferecidos à população. "A oferta de capacitações como essas é reflexo do compromisso do prefeito Edivaldo com a qualificação dos profissionais que atuam ou têm interesse de contribuir com a gestão municipal. As aulas serão ministradas por profissionais competentes e são uma oportunidade para quem quer se qualificar nessas áreas", explicou a diretora.

Quase dois mil interessados se inscreveram para participarem das especializações que oferecem 100 vagas cada uma. O processo seletivo foi realizado pela UFMA, em uma única fase, constituída de análise curricular dos candidatos. Os cursos integram o Programa Nacional de Formação em Administração Pública (PNAP) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), e possuem carga horária de 450h. O Polo UAB tem oferecido graduações em física, química, tecnologia da informação e uma gama muito grande de possibilidades acionadas à medida da necessidade. Mais de mil alunos estão matriculados nos cursos. De pós-graduação com duração de 18 meses, e graduação, realizados em quatro semestres.

CONTEÚDOS

No decorrer dos dois cursos, serão abordados no primeiro módulo conteúdos comuns como a relação entre o público e o privado na gestão pública; o desenvolvimento e as mudanças no Estado brasileiro; as políticas públicas; o planejamento estratégico governamental; o Estado e os problemas contemporâneos; a relação entre Estado, Governo e mercado; e os indicadores socioeconômicos na gestão pública.

O curso de pós-graduação em Gestão em Saúde inclui, ainda, conteúdos como organização e funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS); Gestão Logística em Saúde; Políticas de Saúde: fundamentos e diretrizes do SUS; Gestão da Vigilância à Saúde; e Gestão dos Sistemas e Serviços de Saúde. O curso em Gestão Pública Municipal inclui componentes curriculares como Plano Diretor e Gestão Urbana; Gestão Tributária; Gestão Democrática e Participativa; Gestão Logística; Elaboração e Avaliação de Projetos; Processos Administrativos; e Gestão de Redes Públicas e Cooperação.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem