agencia

Notícias

Sexta-feira, 08/12/2017 - 12h47

Membros do Conselho Municipal da Condição Feminina tomam posse

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Vice-prefeito Julio Pinheiro empossa novas conselheirasO vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, representando o prefeito Edivaldo, deu posse às novas integrantes do Conselho Municipal da Condição Feminina, que estará à frente da entidade nos próximos dois anos. A cerimônia de posse foi realizada nesta quinta-feira (7), no auditório da Casa da Mulher Brasileira, no Jaracati.

O conselho é composto por 22 mulheres, que representam o poder público municipal e a sociedade civil organizada, incluindo dois assentos de conselheiras eméritas. Os objetivos prioritários são propor, debater e definir com o poder público as políticas sociais em defesa da condição feminina, em diversas áreas como saúde, educação, política de gênero, combate à violência, entre outras.

"Estou feliz em dar posse ao novo conselho que tem uma missão árdua nessa conjuntura de adversidades que vivemos no Brasil. Mas é preciso sonhar e lutar muito. Nós que temos origem nos movimentos sociais sabemos a grandeza dessa tarefa que é a jornada para superar profundas desigualdades. É preciso fazer esse enfrentamento, não só institucional, mas também no campo das ideias, desconstruindo os discursos machistas e racistas. Esse conselho é fundamental nesse processo", destacou Julio Pinheiro.

Representando todas as conselheiras, receberam o certificado de posse a representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Maria Adriana Oliveira; a representante do poder público municipal, Leonor Rodrigues, e a representante do Fórum de Mulheres, Lourdes Rocha, que tomou posse como conselheira emérita.

A coordenadora municipal da Mulher, Vânia Albuquerque, enfatizou que a gestão do prefeito Edivaldo tem avançado na valorização de espaços como os conselhos, reconhecendo o papel da sociedade civil. "É só dessa forma que se constrói, na prática, a sociedade democrática que precisamos", disse.

"Esse conselho representa um aspecto muito valoroso da sociedade. Traz uma história de lutas e legados, que às vezes começam a ser construídos dentro da própria casa, com experiências próprias. É fundamental o reconhecimento da Prefeitura de São Luís dessa luta das mulheres. Esse é o sentido da boa governança", ressaltou a presidente do Fórum de Mulheres do Mercosul, Sandra Costa, que tem grande experiência de participação em conselhos populares e já foi vice-prefeita de São Luís.

Para a secretaria adjunta de Estado da Mulher, Talita Lindoso, o diálogo é o requisito fundamental para que as políticas voltadas à defesa das mulheres sejam respeitadas. "É com diálogo que podemos identificar se de fato está tendo efeito positivo o que a gente está construindo", frisou.

 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem