agencia

Notícias

Atualizado em 10/12/2017 às 14h14

Feirinha São Luís inicia programação natalina com chegada do Papai Noel

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

O Papai Noel foi a grande atração da Feirinha São Luís este domingo (10)

Com a proximidade das celebrações de fim de ano, a Feirinha São Luís, que é um projeto da Prefeitura realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), entrou em clima natalino neste domingo (10), com a presença do Papai Noel, que encantou as crianças. Elas puderam conferir de perto a chegada do bom velhinho, que distribuiu alegria e presentes. A Feirinha também foi palco para ações sociais.

Além de expor a diversidade cultural da cidade, a Feirinha fomenta a economia criativa aos produtores da capital em mais de 11 polos, que comercializam produtos diversos a preços competitivos, distribuídos em mais de 90 pontos de comércio, movimentando o turismo na capital e a geração de renda. A Feirinha conta com 29 barracas para venda de produtos agrícolas, 30 para artesanato, 22 de alimentação e 11 food trucks.

Também integrou a programação cultural da 27ª edição da Feirinha São Luís o Coral Infantil da LBV, bloco tradicional Os Feras, Banda do Exército 24º BIS, Forró Pé de Serra.com e Dinho e Banda. Para o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, uma edição memorável, com o espírito natalino.

"Esse é um dia especial para a Feirinha São Luís, nós estamos abrindo as festividades natalinas na Praça Benedito Leite. Por orientação do prefeito Edivaldo, trouxemos o Papai Noel para abrilhantar esse momento de paz, alegria, e união onde relembramos o nascimento de Cristo nesse espaço democrático que ao longo de todo esse semestre tratou de assuntos tão importantes e contemporâneos", frisou o secretário Ivaldo Rodrigues.

SOCIAL

Durante todo o mês de dezembro diversas ações sociais serão realizadas no evento. Uma delas foi a ação de conclusão de 10 dias de ativismo digital pelos direitos humanos realizada pela Secretaria Estadual dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), que esteve presente na Feirinha também celebrando os 69 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

"Celebramos com manifestação nas redes pela dignidade da vida e divulgando as ações do Governo do Estado que confirmam a decisão política do governador em tratar direitos humanos como política universal", destacou o titular da Sedihpop, Francisco Gonçalves.

O público presente à Feirnha tem a oportunidade de ajudar instituições filantrópicas ou a população em situação de vulnerabilidade social. Podem ser doados alimentos não perecíveis em estandes específicos, ou comprar materiais que serão revertidos para a caridade.

Um exemplo é a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de São Luís, que está com um estande da campanha Natal Solidário 2017, localizado próximo à praça de alimentação da Feirinha São Luís. Na barraca estão sendo comercializados canecas, squeezes e camisas personalizadas e toda a renda arrecada será revertida para a escola Eney Santana, mantida pela instituição, que atende atualmente cerca de 248 crianças e adolescentes portadores de deficiência intelectual ou múltipla.

De acordo com o presidente da Apae São Luís, Sebastião Vanderlan de Almeida Rolim, foram criados produtos específicos, desenvolvidos com as crianças que ajudam a propagar o trabalho realizado. "É um grande serviço que vem sendo prestado há mais de 45 anos pela Apae, e nessas peças mostramos os avanços das crianças dentro da instituição", explicou.

Iniciada em novembro, a campanha Natal Sem Fome, continua por todo o mês de dezembro na Feirinha. Uma iniciativa da ONG Ação da Cidadania, que visa a arrecadação de alimentos não perecíveis que serão doados a famílias em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é contribuir para amenizar a fome dos excluídos, na noite de Natal. O estande de arrecadação fica próximo à praça de alimentação dos food trucks.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem