agencia

Notícias

Atualizado em 27/12/2017 às 15h20

Prefeitura contempla novas vias da capital com serviço de melhoria do sistema de iluminação pública

São cerca de 150 bairros contemplados com a instalação de luz branca e artística, melhorando e modernizando a iluminação dos principais corredores urbanos da capital

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A Avenida São Marçal ganhou 198 pontos novos de luzA Prefeitura de São Luís está expandindo os serviços de revitalização e modernização do sistema de iluminação a novos setores da cidade, proporcionando mais beleza à capital maranhense, segurança e qualidade de vida à população. Nesta semana, os serviços chegaram às avenidas São Marçal, Franceses, Agricultores e a diversos trechos dos bairros Ilhinha e Cidade Olímpica. Somente este ano, o parque de iluminação pública de São Luís teve mais de 5.800 ações de melhorias, totalizando  mais de mil novos pontos de luz contemplando mais de 150 bairros da capital, só em 2017.

"Iluminação pública é um elemento urbanístico essencial para conferir qualidade de vida à população. A ação está transformando ruas, avenidas e praças da nossa cidade em espaços muito mais iluminados e seguros à circulação dos moradores, além de propiciar à cidade um aspecto mais belo e moderno", afirmou o prefeito Edivaldo.

Esta semana, a Avenida São Marçal, no João Paulo, via de grande circulação e palco de grandes festividades no período junino, ganhou 198 pontos novos de luz. O espaço passou por uma completa revitalização do sistema de iluminação pública e está agora bem mais apta aos festejos da época e mais seguro à circulação dos moradores.

Também a Avenida dos Franceses, outra via de grande tráfego de veículos e de pessoas, teve 80 pontos de iluminação renovados, conferindo à via um aspecto ainda melhor depois dos serviços de urbanização e no trânsito, realizados no local pela Prefeitura de São Luís. A Cidade Olímpica e a Ilhinha são outras localidades que estão deixando para trás a triste realidade de vias escuras ou mal iluminadas.

"implantamos a nova iluminação de acordo com o espaço que vai receber o serviço. Há setores que requerem apenas revitalização das luminárias, já há outros que a iluminação com luz branca é mais apropriada e outros pontos, como no Centro Histórico, que temos de preservar as características arquitetônicas e histórias do lugar, utilizando iluminação de acordo com o local", observou o secretário Antonio Araújo.

Com essa modalidade de iluminação branca, a Prefeitura proporcionou um aspecto muito mais belo e moderno a áreas como a orla da Avenida Litorânea, as avenidas Guajajaras, Holandeses, Jerônimo de Albuquerque, Tirirical, Libaneses (acesso ao Aeroporto) e Tupinambá, na Ponta d'Areia; Rua dos Bicudos; além do Elevado da Cohab; no Complexo do Anel Viário; rotatória da Avenida Odilo Costa Filho (Anjo da Guarda) e estacionamento da Praia Grande, no Centro, entre outros pontos da cidade.

Além desses espaços, a Prefeitura de São Luís contemplou pelo projeto centenas de outros parques de iluminação da cidade, em diversos bairros. Entre eles estão vias e espaços de bairros da Região Itaqui-Bacanga, do São Cristóvão, Residencial Nestor, Jardim São Raimundo; Apeadouro, Liberdade, Vila Passos, Madre Deus, Monte Castelo, Fé em Deus, Cruzeiro de Santa Bárbara, São Raimundo, Vila Vitoria, Jardim São Cristóvão, Ipem São Cristóvão, Residencila Nova Vida, Nova Jerusalém, entre outros.

O projeto acompanha a expansão urbanística e populacional na capital, contemplando também diversas localidades da zona rural de São Luís, onde mais de 13 mil pontos de luz tiveram sua eficiência melhorada e mais de dois mil novos pontos foram instalados. Muitas dessas novas áreas contempladas na zona rural da capital estão em comunidades como o Itapera, Maracanã, Quebra-Pote, Piçarreira, Coquilho, Rio Prata, Vila Guará, Maracujá, Inhaúma, Igarau, Estiva, Mata de Itapera, Vila Tinair, Vila Itamar, Vila Maranhão, Vila Nova República, Rio Grande, Vila Samara, São Joaquim, Santa Helena, Vila Brasil, Tajipuru, entre outras comunidades.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem