agencia

Notícias

Domingo, 31/12/2017 - 12h19

Prefeitura presta assistência às famílias atingidas por incêndio na região da Liberdade

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

As famílias receberam donativos e estão recebendo apoio para emissão de documentos e outras necessidadesA Prefeitura de São Luís, por meio da Defesa Civil e da Secretaria da Criança Assistência Social (Semcas), esteve novamente neste domingo (31), na comunidade da Portelinha, região Fé em Deus e Liberdade, para dar prosseguimento ao trabalho de atendimento prestado às famílias atingidas pelo incêndio ocorrido no sábado (30). A assistência institucional e apoio às necessidades imediatas foram disponibilizadas pela Prefeitura assim que tomou conhecimento do ocorrido.

Para melhor prestar atendimento às famílias afetadas pelo sinistro, a Prefeitura instalou um posto de atendimento da Semcas no local, com o objetivo de tomar as medidas emergenciais quanto ao encaminhamento de famílias a abrigos institucionais mantidos pela Prefeitura e tomada de providências relativas à emissão da segunda via dos documentos perdidos no incêndio pelas pessoas afetadas.

Imediatamente após o ocorrido, foram providenciadas cestas básicas, água, redes, entre outros itens, para atender a necessidade imediata das famílias.  A comunidade também está se mobilizando em apoio às pessoas afetadas pelo incêndio, doando alimentos, roupas, sapatos, entre outros donativos.

Segundo a titular da Semcas, Andreia Lauande,  o trabalho de identificação das famílias atingidas está sendo feito por meio das informações constantes no Cadastro Único (Cadúnico), para que sejam, inclusive, atendidas pelo Aluguel social. Os atingidos estão inicialmente abrigados em casa de familiares, mas a Prefeitura, por meio da Semcas, está providenciando para que todas sejam incluídas em aluguel social até que sejam contemplados por moradia, por meio de programas de habitação. As famílias estão sendo orientadas também a procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do território pertencente a Portelinha, para outros atendimentos sociais disponibilizados pelo órgão.

A Defesa Civil já realizou cadastramento das famílias. Segundo​ a superintendente do órgão, Elitânia Barros, ao todo foram atingidas 16 barracos. Apesar da proporção, não houve vítimas, apenas danos materiais. Elitania informou ainda que, na próxima terça-feira (2),a Defesa Civil  retornará ao local para concluir o laudo da situação e enviar aos órgãos competentes.

A dona de casa Josiane dá Silva, uma das pessoas que teve a casa atingida incêndio, enalteceu o apoio prestado pela Prefeitura. "Foi fundamental o apoio prestado pela Prefeitura, assim que tudo aconteceu. As equipes chegaram e nos atenderam logo com alguns suprimentos essenciais. Já fiz também meu cadastro para requerer o aluguel social', disse ela.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem