agencia

Notícias

Segunda-feira, 15/01/2018 - 15h42

Prefeitura descentraliza atendimento do CadÚnico que passa a ser feito nas unidades do Cras

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Com a descentralização os usuários serão atendindos mais perto de casa

Facilitar o acesso dos beneficiários aos programas socioassistenciais, dando mais conforto à população e agilidade aos processos é o objetivo da descentralização dos atendimentos aos integrantes do Cadastro Único para Programas Sociais (CdÚnico) promovida pela Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). A partir desta segunda-feira (15), os usuários passam a ser atendidos nas 20 unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da capital.

"Esse é mais um avanço da gestão do prefeito Edivaldo, que prioriza o bem-estar do cidadão. Quando assumimos a gestão, todos lembram das filas que se formavam na Central de Atendimento; organizamos o serviço, melhoramos a qualidade, mas nossa meta era permitir que o cidadão não precisasse se deslocar longas distâncias pra ser atendido", explica a gestora da Semcas, Andréia Lauande.

Um dos grandes benefícios da descentralização é o conforto ao usuário, que passa a ter o atendimento mais perto de casa. Os serviços estão disponíveis nos Cras do Centro, Forquilha, Liberdade, Cidade Operária, João de Deus, São Francisco, Coroadinho, Vila Bacanga, Anil, Vila Palmeira, São Raimundo, Cidade Olímpica, Sol e Mar, Maracanã, Anjo da Guarda, Vila Nova, Estiva, Bairro de Fátima, Vicente Fialho e Janaína. Nestes locais, é possível fazer a atualização cadastral, desbloqueio do benefício, revisão e averiguação e os demais serviços antes oferecidos na antiga central.

FAMÍLIAS

São Luís tem cerca de 171 mil famílias inscritas no CadÚnico, que dá acesso ao Bolsa Família e mais 17 programas federais. Para que a descentralização ocorresse, foi necessário montar toda a estrutura de logística e técnica, como a instalação de fibra ótica nas áreas onde os Cras estão localizados e treinar pessoal. O sistema do CadÚnico só pode ser acessado via internet. No lugar da antiga Central de Atendimento, na sede da secretaria, funcionará um posto para atender situações emergenciais e/ou tirar dúvidas.

O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é um instrumento de coleta de dados e informações com o objetivo de identificar todas as famílias de baixa renda existentes no país. O cadastro é constituído por sua base de dados, instrumentos, procedimentos e sistemas eletrônicos, e sua base de informações pode ser usada pelos governos municipais, estaduais e federal para obter o diagnóstico socioeconômico das famílias cadastradas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem