agencia

Notícias

Atualizado em 16/01/2018 às 18h16

Prefeitura retira construção irregular e promove limpeza do canal do Rio das Bicas

Ação beneficia moradores do Coroado e Polo Coroadinho, bairros que receberam da gestão municipal o maior programa de urbanização dos últimos anos na capital

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Limpeza do canal é feita pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) A Prefeitura de São Luís reforçou esta semana a limpeza e desobstrução em pontos considerados críticos do canal que cobre parte da extensão da bacia do Rio das Bicas. Os serviços estão sendo executados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e visam evitar ocorrências de inundações de terrenos e moradias do Coroado e do Polo Coroadinho, este último, um dos mais populosos da capital.

Na terça-feira (16), a Semosp acionou a Blitz Urbana, órgão ligado à Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo (Semurh) para proceder com a demolição de construção irregular localizada na Avenida Queiroga, nas proximidades da Avenida dos Africanos. Com a desobstrução do acesso ao canal, os trabalhos de limpeza tiveram continuidade. A ação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), que disciplinou o tráfego no local. 

Visando à prevenção de possíveis inundações ocasionadas durante o período chuvoso, na região do Coroadinho, a Prefeitura de São Luís realizou, em outubro do ano passado, fiscalização para identificar construções irregulares no entorno do canal do Rio das Bicas. Segundo o secretário da Semosp, Antonio Araújo, a fiscalização foi a primeira fase de um conjunto de medidas preventivas para evitar que as ocupações irregulares provoquem a retenção de água e entupimentos, gerando danos ao rio e alagamentos na área. Araújo informou ainda que a Prefeitura realiza, de forma contínua, serviços de limpeza, desobstrução e manutenção do canal, para manter a área livre de alagamentos.

"As ocupações irregulares e indevidas ao longo canal acabam prejudicando o manejo hidráulico da bacia, colocando em risco de alagamento o polo Coroadinho e o Coroado. A Semosp está intensificando a limpeza do canal para melhorar a vazão do rio no período das chuvas", explica o titular da Semosp, ressaltando que o canal tem extensão de pouco mais de dois quilômetros e é uma obra importante para a região.

LIMPEZA

Nesta etapa, as máquinas retroescavadeiras vão operar entre o Portal do Coroadinho e a entrada do Parque Pindorama. O acúmulo de resíduos e de outros materiais despejados irregularmente no canal, principalmente por estabelecimentos comerciais e de natureza diversas localizados em sua extensão, têm prejudicado a vazão natural do rio das Bicas em diversos pontos. Com isso, o retorno das inundações registradas no passado é uma ameaça aos moradores neste período do ano, quando as precipitações pluviais avolumam o curso do rio.

A obra de urbanização do Rio das Bicas realizada com recursos do Banco Mundial foi concluída pela Prefeitura de São Luís na gestão do prefeito Edivaldo após o ajuste dos projetos originais. O benefício das obras repercutiu positivamente para mais de 50 mil habitantes do polo Coroadinho.

A Prefeitura de São Luís tem investido na melhoria da qualidade de vida da população do Polo Coroadinho de forma acentuada desde 2013. Com mais de 40 anos de existência, a área recebeu, na gestão do prefeito Edivaldo, o maior programa de urbanização realizado na cidade nos últimos anos.

 Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem