agencia

Notícias

Domingo, 18/02/2018 - 15h05

Feirinha São Luís estimula vendas de produtos agroecológicos

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Feirinha São Luís é fonte de renda para agricultores familiaresDivulgando e escoando a produção agrícola familiar da capital, o programa Feirinha São Luís é realizado na Praça Benedito Leite todos os domingos, entre 7h e 15h, pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa). O evento agrega ainda artes plásticas, artesanato, cultura, gastronomia e literatura. Neste domingo (18), o clima no local foi de encerramento das festas momescas. 

Movimentando o Centro Histórico aos domingos, a Feirinha São Luís já é ponto de compra, lazer e diversão de famílias, amigos e turistas que visitam a capital maranhense. Motivos para visitar o espaço montado na Praça Benedito Leite é o que não faltam: abastecer a geladeira de produtos agroecológicos cultivados na região metropolitana, encontrar artesanato para decorar a casa, boas leituras com obras de autores locais, ou tomar café da manhã e almoçar. Tudo isso com diversas atrações artísticas.

Para o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, o escoamento da produção local, assim como a geração de emprego e renda, principais objetivos da Feirinha São Luís, foram alcançados com ajuda do público que abraçou a iniciativa da Prefeitura. "A ideia surgiu por orientação do prefeito Edivaldo, da necessidade de novos canais para comercialização da produção rural da nossa capital, que é muito rica em agricultura, unimos então com a vontade de reocupar o Centro da capital aos fins de semana. Já conhecemos boa parte do público fiel, que está presente em todas as edições e sempre chamando mais alguém para prestigiar", informou Ivaldo Rodrigues.

PROGRAMAÇÃO

Na 37ª edição o tema lava-pratos agitou o público com atrações para fechar o período carnavalesco. Na Feirinha São Luís desse domingo (18), teve apresentação da escola de samba Flor do Samba, do bloco tradicional Os Tremendões, Nosso Bailinho e show do grupo Mix in Brazil.

O turista Fin Gleeson, da Irlanda, aproveitou tudo o que podia, mesmo estranhando o calor. "A culinária daqui é fantástica, a festa está muito boa, poder aproveitar dessa alegria que só o Brasil traz é uma experiência única, pretendo voltar logo para curtir mais essa cidade. Gostei muito do evento, pude ter uma boa noção da cultura local", afirmou o turista.

CULINÁRIA

A variedade da culinária regional é marcante no projeto. São oferecidos ao público caldos diversos, bolos, beiju recheado, doces em compotas, geleias, queijos, tortas salgadas, frutos do mar, mocotó, e outros ítens que podem ser consumidos por preços acessíveis.

São Luís tem uma grande quantidade de agropolos e comunidades produtivas, gerando vasta variedade frutífera, além de hortaliças leguminosas, folhagens e verduras, cultivadas de forma agroecológica, ou seja, sem o uso de fertilizantes que agridem o solo, água e meio ambiente. As produções são de pequeno porte e geralmente realizadas por famílias da zona rural.

Integrando o setor gastronômico do projeto, Maria das Neves oferta variadas opções da culinária local. "Esse projeto foi uma grande sacada da Prefeitura, que a cada dia cresce mais, a renda que tenho vem das vendas da barraca, eu espero que a Feirinha expanda e tenhamos sempre novas opções de renda na cidade", disse a feirante.

São cerca de 29 barracas que oferecem uma variedade de pratos típicos e produtos artesanais maranhenses, incluindo itens da agricultura familiar, além de outras 30 tendas destinadas ao artesanato e 11 food trucks. 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem