agencia

Notícias

Sexta-feira, 02/03/2018 - 16h19

Prefeitura abre chamada pública para exposições na Galeria Trapiche

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Trabalho de autoria de Dan Frei, artista que expôs na Galeria Trapiche por meio da chamada pública do ano passadoA Galeria Trapiche Santo Ângelo, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís, abriu chamada pública nacional de seleção de propostas para exposições no campo das artes visuais. As inscrições são gratuitas e estarão abertas até o dia 16 de março. Os trabalhos selecionados poderão ser expostos na galeria entre os meses de abril e dezembro de 2018. Os interessados em apresentar propostas para exposições individual e/ou coletiva devem preencher o formulário on-line, disponível no link https://docs.google.com/forms/d/1hKbRzSUXcBbr028K94HDV9scy_NbKKUHF29RuD3IT00/viewform.

O portfólio e documentos pessoais devem ser enviados para o e-mail galeriatrapicheslz@gmail.com com o seguinte título: 'Chamada Pública Galeria Trapiche: nome da exposição, nome do artista\coletivo\curador'. Não serão aceitas inscrições impressas; em caso de desenhos e documentos, os mesmos devem ser escaneados e enviados em formato JPG ou PDF. O edital com toda documentação exigida está disponível no Portal da Prefeitur (http://www.saoluis.ma.gov.br), na aba 'Editais'.

"Ano passado também realizamos a Chamada Pública de Ocupação da Galeria e atraiu a participação de artistas de todo o país com interesse em expor trabalhos em qualquer categoria do campo das artes visuais, ampliando o catálogo de obras que circularam no equipamento municipal. Vemos este convite como um estímulo à produção emergente em artes visuais, por meio da realização de exposições e divulgação de trabalhos artísticos, proporcionando à sociedade mostras relevantes e de qualidade reconhecida, além do intercâmbio entre artistas de São Luís com os de outras regiões", contou a diretora da Galeria, Camila Grimaldi.

Somente serão aceitas inscrições de pessoas físicas diretamente responsáveis pela criação e execução de suas obras, ou coletivos com um representante legal que seja diretamente envolvido com a criação e execução das obras, ou ainda curadores que proponham um projeto expositivo, esse por sua vez será o representante legal da exposição. O proponente poderá se inscrever com até duas propostas, sendo uma individual e uma coletiva.

As inscrições serão recebidas via e-mail até às 23h59 do dia 16 de março. As propostas serão analisadas e selecionadas por uma Comissão de Seleção, composta por profissionais notoriamente reconhecidos na área das artes visuais, por um representante da Galeria Trapiche, designado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e por um representante do Conselho Municipal de Cultura. O resultado será divulgado no dia 23 de março, no Portal da Prefeitura e fanpage da Secult, no Diário Oficial e em carta aos selecionados.

CRITÉRIOS

Os critérios para seleção da proposta são: qualidade e contemporaneidade, relevância estética e conceitual, originalidade, adequação ao espaço físico pretendido. A Comissão poderá não aceitar obras que exijam cuidados especiais de segurança ou que ofereçam qualquer tipo de risco à segurança do público e à integridade do espaço.

Cada exposição terá duração entre 20 a 30 dias corridos. As obras constantes da exposição não poderão ser retiradas antes do encerramento da mostra. No caso de proposta individual, dependendo da necessidade de agenda, a galeria poderá abrigar mais de uma exposição, desde que indicado pela Comissão de Seleção. As obras encaminhadas para a exposição deverão estar acompanhadas de ficha técnica (autor, título, data, dimensões em cm - altura x largura x profundidade, técnica e material) e anotações específicas para sua conservação e manutenção durante a exposição.

Quaisquer esclarecimentos aos interessados e orientação técnica para o preenchimento da Ficha de Inscrição serão prestados pela Galeria Trapiche, em dias úteis, no horário das 14h às 18h ou pelo e-mail: galeriatrapicheslz@gmail.com.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem