agencia

Notícias

Sábado, 10/03/2018 - 11h38

Monitores da rede municipal do programa Mais Educação são certificados

Em São Luís, programa integra a gestão do prefeito Edivaldo e é voltado ao fortalecimento da política de educação integral do município

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Monitores foram capacitados para acompanhamento do planejamento e a organização das atividades escolares

Cerca de 170 monitores do programa 'Mais Educação' receberam na última semana suas certificações referentes às ações formativas de 2017. O programa federal 'Mais Educação' tem a intenção de fazer com que os estudantes da rede municipal de ensino aprendam de forma mais lúdica e assim também contribuir para a formação cidadã. Na capital maranhense, a formação é realizada pela Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias municipais de Educação (Semed) e de Assistência Social (Semcas) e pelo Centro Integrado de Estudos e Pesquisa de Desenvolvimento Sustentável (Cieds), seguindo orientação do prefeito Edivaldo. 

O Ciclo de Formação Continuada de Monitores, promovido pela Coordenação do programa na Semed, é uma ação de fortalecimento que visa o acompanhamento do planejamento e a organização das atividades dos monitores nas escolas em valorização à política de educação integral no município de São Luís.

O processo formativo contou com a participação de monitores efetivamente inseridos em 41 Unidades de Educação Básica do Ensino Fundamental da rede municipal de São Luís, beneficiando mais de 7 mil estudantes com atividades no contraturno escolar, tais como: acompanhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica. Assim, o programa garantiu a ampliação da jornada escolar do aluno, possibilitando a permanência deste por mais três horas de atividades extras.

Dentre as abordagens estudadas e vivenciadas pelos monitores, destacam-se a construção de um território educativo articulado; a atuação do monitor no programa Mais Educação; a matemática potencializando o futuro (o dia da matemática em São Luís); encontro de Bandas Fanfarras; encontro de Militantes do Esporte da Periferia de São Luís; formação e articulação para ação em rede; alfabetização e letramento; Educar Mais Juntos no Direito de Aprender: contextualizando a rede pública municipal de São Luís; Os NÓS da Rede: olhares que tecem a Educação Integral em São Luís.

Para a secretária adjunta de Ensino, Maria de Jesus Gaspar Leite, na ocasião representando o secretário de municipal de Educação, Moacir Feitosa, essas atividades fazem o diferencial na vida da comunidade escolar. "A arte, a dança, o teatro e o esporte dão vida à vida dessas crianças e adolescentes. É uma forma diferente de aprendizado, que aproxima mais a criança da escola", pontuou.

O coordenador do Mais Educação na Semed, Luiz Gonzaga Segundo, também fala da importância do lúdico. "Nosso compromisso é contribuir com uma educação pública de qualidade e fazer com eles aprendam de forma mais lúdica", disse. Para a representante da Semcas, Ilka Brandão, "a parceria com a Semed é uma ação de grande importância para a comunidade como um todo".

FORMAÇÃO

O monitor Raimundo José de Jesus Silva, que ministra aulas de Canteiros Sustentáveis, fala que o conhecimento que eles repassam nas escolas da rede municipal onde atuam é para a vida do estudante. "Trabalho a questão de educação ambiental, o que elas aprendem vai para além dos muros da escola, vai para além de plantio, colheita e acondicionamento de hortaliças, muda também a realidade da comunidade em que a escola está inserida", afirma.

Para o monitor de dança, Jackson Silva, que também trabalhou a grafitagem com os meninos da escola Oliveira Roma, o programa possibilita o aprendizado por meio da arte. "É mais que ensinar passos de dança, ou como utilizar a combinação de cores, porque com essas atividades estamos desenvolvendo a coordenação motora, a percepção espacial e também o respeito e o trabalho em grupo", assegura.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem