agencia

Notícias

Quinta-feira, 15/03/2018 - 15h58

Prefeitura de São Luís beneficia cem mil famílias com a entrega de peixe no período da Semana Santa

Distribuição do alimento integra as ações de combate à insegurança alimentar da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 Prefeitura de São Luís beneficia cem mil famílias com a entrega de peixe no período da Semana Santa

Moradores da Vila São João e da Vila Conceição, no Coroadinho, foram contemplados nesta quinta-feira (15), com as ações do programa Peixe Solidário. Executado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), o programa integra as ações do prefeito Edivaldo para o combate à fome, desnutrição e insegurança alimentar na cidade. Para o período da Semana Santa, serão distribuídas na capital 200 toneladas de peixe, beneficiando cem mil famílias.

O programa aproxima ainda mais o poder público da população, fortalecendo a presença da Prefeitura na vida dos cidadãos ludovicenses. O prefeito Edivaldo esteve presente na entrega. "Essa é uma ação que vem beneficiando a população, incentivando o consumo de alimentos saudáveis e garantindo, sobretudo às famílias mais carentes, a distribuição gratuita do alimento, especialmente nesse período, quando o consumo de pescados é maior por conta da Semana Santa", destacou o gestor municipal.

O Peixe Solidário favorece famílias atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e em situação de vulnerabilidade social. Os bairros contemplados com a ação são os que apresentam índices elevados de insegurança alimentar e nutricional. Nessa ação de distribuição do pescado para a Semana Santa toda a cidade será alcançada por meio de um cronograma de distribuição, que será executado até abril.

A secretária municipal de Segurança Alimentar, Fatima Ribeiro, reforça a intenção do poder público municipal com o programa. "Essa é uma ação que também possibilita a interação da gestão com a população. Percebemos aqui a alegria das pessoas que vêm receber o peixe pelo programa. Há um déficit nutricional pela falta do consumo regular de peixe, ainda mais nas famílias que não têm condição de comprar. Esse trabalho é um ato de humanidade, que oferece, gratuitamente, alimento de qualidade para a população", disse.

 

 BENEFÍCIO

Famílias que receberam o peixe durante a primeira ação de 2018 avaliam positivamente o programa. "Essa é uma boa ação, me ajuda bastante. Na minha casa moram quatro pessoas e como eu estou sem uma fonte de renda fico feliz por não precisar comprar. Assim posso economizar e usar o dinheiro para outras necessidades", disse a dona de casa Alzinete Galvão, 58 anos. "É uma ajuda muito boa e toda vez que tem essa distribuição eu venho receber", contou a auxiliar de cozinha Francinete Silva, 66 anos.

A proposta para 2018 é ampliar ainda mais as ações do programa e alcançar moradores de todos os bairros da cidade. "Estamos fortalecendo as parcerias e conveniando com o Governo Federal e Estadual. Nossa intenção é ampliar cada vez mais o programa Peixe Solidário", explicou a secretária municipal de Segurança Alimentar, Fatima Ribeiro.

O reforço ao programa anima cidadãos como a doméstica Darcy de Oliveira, 64 anos. "Esse programa é ótimo. A Prefeitura está de parabéns por essa ação, tirando muita gente da pobreza, de uma situação difícil, pois a crise tem atingido todo mundo. Se ampliar vai ser melhor ainda porque já é um programa que ajuda muitas pessoas", disse.

 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem