agencia

Notícias

Quinta-feira, 22/03/2018 - 17h54

Prefeitura de São Luís participa na Argentina do III Fórum Ibero-americano de Prefeitos

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

III Fórum Ibero-americano de Prefeitos reuniu 82 gestores municipais e ministros da Argentina e da EspanhaO vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, representou o prefeito Edivaldo, no 3º Fórum Ibero-americano de Prefeitos, realizado nesta semana, dias 20 e 21, na cidade de Mendonza, na Argentina. Com o tema "Coordenação para o Desenvolvimento Urbano Sustentável", o encontro reuniu prefeitos da América Latina, Caribe e Espanha em debates sobre temas de interesse comum, com vistas à implementação de projetos de desenvolvimento sustentável das cidades ibero-americanas.

Promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), foram dois dias de evento, com troca de experiências das gestões municipais, assim como das perspectivas que os gestores ibero-americanos compartilham na implementação de programas que ajudem no crescimento urbano e sustentável de suas cidades.

Para o vice-prefeito Julio Pinheiro, foi um momento de compartilhamento de ideias para enfrentar os desafios de desenvolver as cidades, com sustentabilidade. "Espaço também importante para discutir os problemas e buscar soluções, especialmente para os reflexos da metropolização nos grandes centros urbanos. Nesse aspecto, a parceria com o BID é de suma importância", ressaltou.

"Aprendemos que trabalhar juntos nos permite desenvolver uma visão completa para soluções integrais e sustentáveis. Precisamos melhorar o desempenho urbano, o meio ambiente e a governabilidade. Por meio desse fórum e da rede do BID, propomos criar uma comunidade de boas conversações que nos permita construir cidades mais construtivas que tenham cidadãos no centro. Precisamos aprender uns com os outros para melhorar os serviços aos vizinhos ", disse o presidente do BID, Luís Alberto Moreno.

PROJETOS SUSTENTÁVEIS 

Em São Luís, cidade que detém, há 20 anos, o título de patrimônio cultural da humanidade, há projetos urbanísticos que vislumbram o desenvolvimento sustentável. É o Programa de Revitalização do Centro Histórico de São Luís, que está em fase de elaboração dos projetos para a execução das obras. É fruto de parceria entre o BID e a Prefeitura de São Luís e tem a meta de recuperar cerca de dez pontos do Centro Histórico, entre complexos arquitetônicos e parques ambientais.

Além das reformas, está em estudo no projeto a utilização de fontes alternativas de energia elétrica, como as placas fotovoltaicas, que não têm impactos ambientais e têm custos mais baixos de manutenção.

"Importante destacar que todos os projetos estão sendo pensados, considerando metodologias de inclusão da comunidade na elaboração", disse o presidente da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico, Aquiles Andrade.

PACTO

O Fórum foi constituído de painéis que trataram sobre Criatividade, Setor Privado e Dinamismo Econômico, Coordenação Metropolitana Multinível e o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia. Neste último painel, prefeitos de oito cidades argentinas e uma mexicana assinaram o Pacto Mundial de Prefeitos para Clima e Energia. Qualquer cidade do mundo pode, a qualquer tempo, assinar o pacto, que representa um alinhamento mundial e a maior aliança global de cidades, voluntariamente, comprometidas com o combate às alterações climáticas, reduzindo impactos ambientais, além de facilitar o acesso da população às opções de energia sustentável.

Além de 82 gestores municipais, dirigentes e técnicos do BID, o III Fórum Ibero-americano de Prefeitos contou com a presença de ministros da Argentina e da Espanha, além de representações de diversos municípios da América Latina e do Caribe.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem