agencia

Notícias

Quarta-feira, 04/04/2018 - 10h04

Programa Peixe Solidário da Prefeitura já beneficiou mais de 70 mil famílias somente este ano

Além de favorecer a política de segurança alimentar, implantada pela Prefeitura de São Luís, o programa apresenta impactos favoráveis na economia doméstica

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 Moradores de mais de 40 bairros foram contemplados desde março com a ação 

A Prefeitura de São Luís tem investido na execução de programas sociais, como o Peixe Solidário, para avançar na política de combate à insegurança alimentar. Com a ação, são beneficiadas famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social, atendidas pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) distribuídos pela cidade. Além de favorecer a política de segurança alimentar, o programa apresenta outros reflexos positivos na vida dos moradores, como impactos favoráveis na economia doméstica.

Desde o dia 15 de março, quando foi realizada a primeira entrega do programa em 2018, já foram distribuídas mais de 142 toneladas de pescado, beneficiando aproximadamente 71.110 famílias, em mais de 40 bairros da cidade. Com a ação, executada pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), a meta do poder público municipal é alcançar todas as regiões da cidade e beneficiar cerca de 100 mil famílias, com 200 toneladas de peixe até o final deste mês.

A secretária municipal de Segurança Alimentar, Fatima Ribeiro, destacou o esforço da Prefeitura para combater os índices de insegurança alimentar e seguir beneficiando as famílias. "O programa vem mostrando sua eficiência e tem grande alcance entre a população mais vulnerável e a que mais precisa. É um programa que referencia as ações de segurança alimentar da Prefeitura. Estamos satisfeitos com os resultados desta iniciativa que vem sendo potencializada para chegar a mais famílias em vulnerabilidade social", reforçou.

DISTRIBUIÇÃO   

Ação é executada pela Secretaria de Segurança Alimentar 

A distribuição do Peixe Solidário foi intensificado principalmente durante o período da Semana Santa, quando é maior o consumo e a busca pelo produto nos mercados. Com a entrega gratuita, moradores de regiões contempladas com o programa economizam e têm a oportunidade de investir no consumo de outro produto ou serviço. Os bairros contemplados com o programa são aqueles considerados de alto índice de insegurança alimentar e nutricional.

Com a ação, já foram contemplados moradores de áreas como Morro do Zé bombom, Vila Conceição, Vila Natal, Vila Riod, Janaina, Liberdade, Vila dos Nobres, Vila Brasil, Residencial Paraíso, Bairro de Fátima, Ipase de Baixo, Vinhais Velho, Ilhinha, Gancharia, Vila Luizão, Centro, Vila Conceição, João de Deus, Sá Viana, Anjo da Guarda, Alto da Esperança, Vila Riod, Alto do São Sebastião, Estiva, Vila Ariri, Alto da Esperança, Vila Cruzado, Tadeu Palácio, Liberdade, Primavera, Coroadinho, Vera Cruz, Santa Cruz, Vila Isabel, Rio Anil, Pedrinhas, Vila Airton Sena, Itapera, Tajipuru, Vila Valian, Vila Lobão, Vila Palmeira, Barreto e Vila Nova República.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem