agencia

Notícias

Quinta-feira, 05/04/2018 - 18h02

Prefeitura forma coordenadores pedagógicos da rede para as políticas de alfabetização e avaliação

Capacitação faz parte do programa Educar Mais lançado em junho de 2017 pelo prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A formação para os coordenadores pedagógicos do município vai acontecer durante todo o ano de 2018As políticas de alfabetização e de avaliação da rede municipal são o foco da formação para coordenadores pedagógicos que a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realiza até quinta-feira (5), na Faculdade Pitágoras, no Turu. Mais de 200 pessoas participam da formação, que inclui diretores de núcleo e técnicos das superintendências de ensino da Semed.

O secretário de Educação, Moacir Feitosa, destaca que todo o esforço da Prefeitura de São Luís, dentro da Política Educacional da gestão do prefeito Edivaldo, tem foco no aprendizado do estudante, com a promoção de programas e projetos pedagógicos, a requalificação das unidades de ensino Infantil e Fundamental e a formação de professores, além de outros programas de valorização do magistério. Ações estas que fazem parte do programa Educar Mais lançado em junho de 2017 pelo prefeito Edivaldo.

O secretário de Educação informa, ainda, que alguns representantes dos setores do Currículo, da Avaliação e da Assessoria Técnica Pedagógica da Semed estão participando desta formação. "Estamos fazendo um trabalho articulado com os demais setores da Semed, para que todos se apropriem das informações e dados que estão sendo repassados tanto sobre a política de alfabetização quanto de avaliação. O propósito é que haja unidade no trabalho desenvolvido por esta secretaria, para que todos comunguem dos mesmos objetivos", assinala o secretário.

FORMAÇÃO

Na temática da política de alfabetização, voltada para os coordenadores pedagógicos do 1º ao 5º ano, os formadores estão orientando estes profissionais a como trabalhar em conjunto com os professores para planejar e executar ações que favoreçam o desempenho e melhorem o aprendizado dos estudantes. "A ideia é que os coordenadores direcionem a ação dos professores em sala de aula, com uma proposta de trabalho de alfabetização", esclarece a coordenadora do grupo de formadores dos coordenadores pedagógicos da rede, Francisca Lima.

A professora Gilcylene Lindoso, uma das formadoras da temática de alfabetização, explica que este é somente o primeiro encontro, pois a formação para os coordenadores pedagógicos vai acontecer durante todo o ano de 2018. Ela conta que no primeiro dia da formação foi feito um resgate para os coordenadores pedagógicos sobre as hipóteses de escrita, com destaque para a questão da psicogênese, ou seja, como o aluno adquire conhecimento, e como ele se desenvolve.

"É com base nas avaliações feitas pelo professor em sala de aula, que se deve construir e desenvolver o aprendizado do estudante. E o coordenador pedagógico tem papel essencial na orientação do professor, para que este faça um diagnóstico real dos seus alunos, contribuindo para o seu desenvolvimento", destaca Gilcylene.

E, no que tange à temática de avaliação da rede, que passou a contar com um sistema próprio desde o ano passado, o Sistema Municipal de Avaliação de São Luís (Simae/SL), os coordenadores pedagógicos do 6º ao 9º ano estão sendo orientados pelos formadores a como ajudar o professor a interpretar os resultados do sistema, trabalhando os dados obtidos em prol também da melhoria do aprendizado e maior desempenho do estudante.

O formador Ronald Corrêa diz que o Simae é uma grande conquista para o sistema educacional. "Temos hoje um instrumento próprio de avaliação, que reflete dados muito significativos, não só do sistema de ensino como um todo, mas nos traz dados por escola, sala de aula e por aluno. Temos como planejar e executar ações mais direcionadas que vão impactar a Educação de São Luís".

A coordenadora pedagógica do Anexo José Sarney Costa, da U.E.B. Maria Alice Coutinho, Rosângela Cunha Lima, diz que a formação está ampliando mais o seu leque de conhecimento. "Acredito que estarei ainda mais capacitada a desenvolver meu trabalho, ao lado dos professores, para a melhoria da Educação em São Luís", assegura Rosângela.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem